Qualquer desculpa é boa para viajar e o dia dos namorados não é excepção.

Num inquérito online, a Waynabox (viagens surpresa) perguntou qual o destino onde levaria a sua cara metade para uma viagem digna de conto de fadas.

Conheça as respostas na galeria:

Veneza, Itália

Eleita a cidade mais romântica pelos portugueses, Veneza consegue também ser a mais turística. Então, como conseguir um momento a dois quando se encontra rodeado de gente?

Aventure-se pelas ruas mais vazias, estreitas e sinuosas, e tire tempo para explorar a periferia da cidade. Existem várias ilhas para onde se pode facilmente deslocar num táxi fluvial.

Em Murano, assista ao fabrico das famosas peças de vidro da região ou passe por Burano para ver o cenário pitoresco composto pelas casas coloridas dos pescadores. Passeie-se pelo mercado do Rialto onde pode comprar o peixe e marisco mais variados e, claro, não deixe de dar um passeio de gôndola ao pôr do sol.

Veneza será sempre sinónimo de Carnaval mas, se quiser um programa alternativo, recomenda-se La Sensa, o festival que celebra a relação da cidade com o mar. Este ano, acontece entre nos dias 23 e 24 de maio.

Paris, França

Os portugueses não conseguiram escapar à magia de Paris e puseram-na em segundo lugar na lista de cidades mais românticas.

Podíamos simplesmente dizer para dar as mãos a quem mais gosta e passear junto à torre Eiffel e o conto de fadas escrevia-se sozinho, mas como podemos dar um toque especial à cidade do amor?

Ao invés de ficar num hotel, fique num apartamento onde possa cozinhar (ou cozinharem para si) um jantar à luz das velas e observar os telhados e luzes da cidade. Caminhe por Montmartre, onde o romantismo paira no ar e faça uma paragem no café Les 2 Moulins, mais conhecido como o café de do filme Amélie.

Se as esplanadas estiverem cheias, compre uma garrafa de vinho, queijo e baguettes e croissants para um pequeno lanche junto ao Canal Saint Martin. Em Paris, nenhum programa é demasiado arrojado por isso, tire uma noite para assistir a um show de cabaré.

No Moulin Rouge, Au Lapin Agile ou no Crazy Horse, será fácil viver o espírito boémio e atrevido a que a cidade nos convida.

Florença, Itália

Será por todas as ruas parecerem um quadro pintado com arquitetura de mármore, pelos sinos que ecoam qual banda sonora, ou pela inspiração provocada pelo epicentro do movimento renascentista que Florença entra na lista de cidades românticas? Seja porque motivo for, Florença ocupa o pódio de destinos românticos preferidos pelos portugueses.

Aproveite para passear a pé ou de bicicleta, já que a maioria do centro histórico é fechado ao trânsito. É certo que muitos dos museus, palácios e igrejas serão obrigatórios no seu roteiro, como o caso da Galeria Ufizzi ou do Palazzo Vecchio.

Mas, se é de romance que falamos, suba até à Piazzale Michelangelo e suspire com uma vista soberba a seus pés. Entre outras vistas de cortar a respiração, experimente a da Abbazia di San Miniato al Monte.

Jantar e uma sessão de cinema nunca falharam e porque não fazê-lo também em Florença? Escolha um restaurante com um rooftop ou com vista para a Ponte Vecchia e termine com um filme num cinema dos anos 20, localizado dentro do Palazzo dello Strozzino, o Cinema Odeon.

Viena, Austria

Se pensa em palácios, música clássica e passeios de carruagem, então Viena é a cidade para si. Deambule pelos jardins do palácio de Schönbrunner e perca-se (literalmente) nos seus labirintos.

Se não lhe apetecer entrar no palácio de Schönbrunner nem no de Hofburg, terá, pelo menos, “o beijo” à sua espera no palácio de Belvedere. Referimo-nos ao célebre quadro de Gustav Klimt em que dois enamorados se abraçam em preparação para o beijo. E esperamos que incentive a mais que um...

E se depois deste passeio o levassem ao céu? Na roda gigante de Viena, claro, a Riesenrad. Pode até reservar um jantar romântico dentro da roda com uma vista extraordinária, a 65 metros acima da cidade.

Não falta diversidade de atividades no rio Danúbio, podendo sempre dar um passeio de barco a remo e, se o tempo estiver bom, dar um mergulho num dos decks construídos para o efeito.

É mais de piscinas? Não pode passar a oportunidade de nadar na Amalienbad, uma piscina interior inserida num edifício dos anos 20 em que a presença de arte deco e arte noveau lhe dará, com certeza, um ambiente especial.

Verona, Itália

Verona transporta-nos imediatamente para os amores de Romeu e Julieta que, apesar de nunca terem existido, estão bem vivos na cidade. Pode encontrar a Casa di Giulietta, não da de Shakespeare mas a da família Capello que, devido à semelhança do nome e à varanda característica, rapidamente se associou aos Capuleto da célebre peça e a tradição ficou.

Visite a estátua de Julieta, faça uma jura de amor na icónica varanda da casa e conheça a história do poço dos amores.

Se quiser tomar um pequeno almoço diferente, faça-o na Terrazza Bar al Ponte com vista para um dos maiores ícones de Verona, a Ponte Pietra. E por último, entre no verdadeiro espírito italiano e alugue uma Vespa para uma viagem ao maior lago de Itália, o Lago Garda, a 1 hora de Verona. Imagine-se num piquenique perto do lago ou numa das maravilhosas paisagens que verá pelo caminho.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.