A história da Capadócia é muito antiga. Os primeiros registos deste nome recuam ao século VI a. C., sob o comando do Império Persa. O nome significa País Baixo, que revela a sua peculiar localização, que atrai visitantes a este destino localizado no coração da Turquia.

A região é conhecida pelo seu complexo de aldeias subterrâneas. Escavadas nos solos macios desta região vulcânica, apenas seis são conhecidas atualmente, mas os historiadores acreditam que existiam centenas de cidades semelhantes na província. O mais surpreendente nestas aldeias subterrâneas é a imaginação necessária para conceber um empreendimento desta complexidade, durante um período em que os instrumentos eram tão rudimentares. Como a maioria dos túneis e das divisões foram feitas a partir de cavernas e estruturas naturais pré-existentes, desconhece-se o quão antigas são estas aldeias. No entanto, entre as pessoas que se presume terem iniciado esta tradição figuram os hititas, que habitavam a região no século XV a.C.!

A cidade mais famosa da região é Derinkuyu, que se situa também ao nível mais baixo: existem 18 níveis, descendo quase a 55 metros de profundidade. Durante vários séculos, esta região serviu de refúgio aos habitantes da Capadócia. Estas construções foram descobertas em 1965 por uma equipa de arqueólogos, durante sondagens realizadas no terreno, que daria lugar à construção de um hotel. A escavação devolveu à luz do dia um bunker gigante, com quartos, lojas, salas comuns, tumbas, igrejas, arsenais, rotas de fuga e até escolas.

A Capadócia é um dos destinos turísticos mais populares da Turquia, com os seus fenómenos geológicos únicos, monumentos antigos e mosteiros que datam do períodos romano e bizantino. A região pode ser explorada de diversas formas, mas os balões de ar quente são uma das formas mais pitorescas de conhecer a Capadócia, sem deixar de parte a possibilidade de se hospedar nos melhores hotéis, alguns deles construídos nas reentrâncias e formações rochosas características da região.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.