Para concorrer, os participantes tiram fotografias dos vários monumentos e sítios históricos da região e depois carregam-nas no Wikimedia Commons. Um júri nacional escolhe 10 fotografias que serão levadas ao concurso internacional.

Para participar no concurso nacional é necessário escolher um imóvel classificado pela Direção-Geral do Património Cultural, numa lista que inclui cerca de 4 mil imóveis por todo o país, para fotografar. Depois, basta carregar as fotografias no Wikimedia Commons até dia 30 de setembro. Na descrição deve identificar o o nome e o código do monumento.

Para descobrir como participar e ler o regulamento do concurso podem visitar a página do Wiki Loves Monuments Portugal 2018 aqui. Podem ver os países a concurso aqui.

O concurso tem por finalidade dar visibilidade ao património edificado dos países participantes, encorajando as pessoas a registá-los fotograficamente e a publicar essas imagens sob uma licença livre, de modo a poderem ser usadas não só na Wikipédia, mas em qualquer lugar e por qualquer pessoa.

O primeiro concurso Wiki Loves Monuments foi realizado em 2010 na Holanda. No ano seguinte foi alargado para outros países europeus, tendo entrado no Livro Guiness como a maior competição fotográfica de sempre. Em 2012, a competição estendeu-se para fora da Europa, com 35 países participantes. A edição de 2016 contou com o apoio da UNESCO e foram submetidas mais de 277 mil fotografias por  10 700 participantes de 43 países.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.