A 5.ª edição do projeto da Câmara Municipal da Amadora, que “promove a atividade artística no espaço público”, realiza-se este ano entre 30 de agosto e 10 de setembro e, de acordo com a autarquia, contará este ano com a participação de Odeith, Tamara Alves, Samina, The Caver e Third.

Para celebrar os cinco anos da iniciativa, no dia 07 de setembro o Espaço Fernando Relvas (Recreios da Amadora) recebe uma “programação especial”, que inclui a inauguração da exposição “Conversas Expostas”, uma oficina de serigrafia, pelo projeto Bicicleta Manifesta e conversas encenadas com as atrizes Carla Chambel e Joana Brandão.

Além disso, haverá Conversas de Arte Urbana, com os artistas Gonçalo Mar, Elsa Poderosa e Pedro Peixe (Estúdio Altura) e um concerto do músico Janeiro.

As intervenções artísticas começam a 30 de agosto e os primeiros a pintar serão Third e The Caver.

Natural do Porto, Third, que se dedica ao graffiti desde a década de 1990 e integra o Coletivo Rua, estará a pintar na Estrada Salvador Allende entre 30 de agosto e 08 de setembro.

Entre 30 de agosto e 05 de setembro será possível ver-se The Caver, natural de Lisboa e que começou no graffiti no final dos anos 1990, a pintar na Avenida Mário Soares.

Entre 01 e 10 de setembro, é a vez de Samina, cujo trabalho se caracteriza sobretudo pela pintura de rostos com ‘stencil’ (pintura com moldes), e Tamara Alves, artista e ilustradora, pintarem, na Avenida do Brasil e na Rua Pio XII, respetivamente.

Antes e Depois: 13 grafites a 3D do artista português Sérgio Odeith
Antes e Depois: 13 grafites a 3D do artista português Sérgio Odeith
Ver artigo

De 02 a 09 de setembro será possível ver-se Odeith, um filho da terra e participação assídua no festival, a pintar na Rua Dr. Teixeira Coelho.

Natural da freguesia da Damaia, Odeith começou a pintar na rua e em linhas de comboios, trabalhou mais de uma década em tatuagens e deixou murais nos bairros da Cova da Moura, 6 de Maio e Santa Filomena, enquanto desenvolvia a técnica 3D (três dimensões), uma das características mais marcantes do seu trabalho.

Os murais na Amadora com as figuras da fadista Amália Rodrigues, do guitarrista Carlos Paredes, do músico José Afonso e do futebolista Eusébio são de sua autoria.

No âmbito do Conversas na Rua, cuja primeira edição decorreu em 2015, já foram realizadas na Amadora “22 intervenções murais, resultado da participação de vários artistas portugueses provenientes de diferentes disciplinas artísticas, desde a pintura e a ilustração, ao graffiti”.

Estas obras estão entre os mais de 100 trabalhos de arte urbana espalhados pelas paredes da Amadora e que integram o Mapa da Arte Urbana da Amadora, disponível ‘online’.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.