“Depois de, no ano passado, ter recebido uma comitiva de representantes da província de Badajoz (Espanha), cujo objetivo era conhecer a sua metodologia de trabalho, com vista a criar uma rede de 12 Conjuntos Históricos na Província de Badajoz, esta semana as Aldeias Históricas de Portugal acolheram a visita de várias entidades da província de Cáceres, que ambicionam criar uma associação naquela região espanhola”, adiantou a Aldeias Históricas de Portugal - Associação de Desenvolvimento Turístico, em comunicado enviado à agência Lusa.

Durante três dias, uma comitiva com cerca de 30 pessoas, das várias localidades históricas da província de Cáceres, incluindo o presidente da Província de Cáceres, Carlos Rodriguez, e a deputada de Turismo, Patrícia Vale, “visitaram alguns dos melhores exemplos de iniciativa privada das Aldeias Históricas de Portugal, assim como projetos estruturantes de âmbito público (acessibilidade, redes ‘wi-fi’, entre outros), que vão servir de modelo para a criação de uma associação de aldeias de Cáceres”.

“Esta visita, que distingue mais uma vez a Aldeias Históricas de Portugal - Associação de Desenvolvimento Turístico como uma entidade pioneira e de vanguarda, teve também como objetivo o estreitamento de relações entre a Aldeias Históricas de Portugal e a província de Cáceres, atendendo, inclusive, o trabalho em curso ao abrigo do projeto transfronteiriço ‘Territorio y Patrimonio’ (TERPAT)”.

O projeto visa, numa primeira fase e até ao final do ano, o alargamento da GR22 - Grande Rota das Aldeias Históricas de Portugal para 13 localidades da região de Cáceres, “fixando-se assim um corredor de ligação que no futuro se espera poder progredir para um conceito de Rede mais alargado, imbuído do racional da Aldeias Históricas de Portugal”, referiu a associação.

Na apresentação sobre as Aldeias Históricas de Portugal, que decorreu na Aldeia Histórica de Linhares da Beira (Celorico da Beira), o presidente da Província de Cáceres afirmou que se “fala muito das Aldeias Históricas de Portugal” e que “o seu exemplo é incontornável”.

“E agora, juntos, estamos a um passo de criar a Associação de Aldeias Históricas da Raia. Há uma fronteira que nos separa, mas muito mais é o que nos une. Há uma identidade gastronómica e paisagística comum, mas são sobretudo a História e a cultura que nos unem, e, por isso, este projeto faz todo o sentido”, referiu Carlos Rodriguez.

Na passagem pelas Aldeias Históricas de Portugal, a comitiva espanhola assistiu também à cerimónia de entrega do prémio de “Melhor Aldeia Turística” à Aldeia Histórica de Castelo Rodrigo (Figueira de Castelo Rodrigo), atribuído pela Organização Mundial de Turismo no final do ano passado.

A Rede das Aldeias Históricas de Portugal abrange Almeida, Belmonte, Castelo Mendo, Castelo Novo, Castelo Rodrigo, Idanha-a-Velha, Linhares da Beira, Marialva, Monsanto, Piódão, Sortelha e Trancoso.

O mundo inteiro no seu email!

Subscreva a newsletter do SAPO Viagens.

Viaje sem sair do lugar.

Ative as notificações do SAPO Viagens.

Todas as viagens, sem falhar uma estação.

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOviagens nas suas publicações.