Bilhete-postal enviado por Matilde Calheiros

No ano passado queria passar os meus anos fora de Portugal apenas com o meu namorado. Queria ir a uma cidade romântica, até porque era a nossa primeira viagem juntos. Decidimos ir a Bruges, pois há muito que queria conhecer e assim que mostrei fotografias ao Miguel ele ficou rendido!

Quando estávamos a planear a viagem ele perguntou-me o que queria fazer no meu dia de anos e se podia organizar qualquer coisa. Dei-lhe total liberdade para me preparar uma surpresa e a única dica que me deu foi que no dia 23 teríamos de estar em Ghent às 15h30 e que iríamos ter com um senhor de Hong Kong. Não puxei por ele, pois sabia que se o fizesse ele iria contar o que era! Fiquei a leste do paraíso e estava longe de imaginar o que iria acontecer!

Fartámo-nos de passear por Bruges e nem a chuva nos impediu de conhecer cada recanto dessa cidade encantadora! Em Ghent fomos recebidos por um sol radioso, o que tornou o meu dia de anos ainda mais especial. Sugeri fazermos um passeio de barco pelos canais, mas ele disse que enjoava e ficava todo mareado (really, num canal? Please!). Não insisti (mal sabia eu que às 15h30 iria descobrir porquê) e fomos passear, a pé!

Lá fomos nós ter com o Sr. de Hong Kong à hora marcada, o Ip Man, e qual não é o meu espanto quando vejo uma gôndola cheia de flores, lamparinas e almofadas! Aí o meu coração disparou! Passámos por todos os canais e quando chegámos a um recanto onde havia um castelo igual aos dos contos de fadas e milhares de chorões sobre as águas, o Ip man estacionou a gôndola. O Miguel pôs-se automaticamente de joelhos e, quando nos ríamos de uma piada, ele dá-me um beijo, tirou o anel mais bonito do mundo do bolso e pediu-me em casamento! É claro que disse sim e não conseguíamos parar de rir de tão contente que estávamos, ao passo que o Ip Man chorava de tão emocionado que ficou! Brindámos com champanhe, que passei a gostar nesse preciso momento, e descobrimos que a história de amor do Ip Man e da mulher é muito semelhante à nossa – namoram durante um tempo e depois separaram-se; passados alguns (vários) anos reencontraram-se e estão casados há 32 anos! Eu e o Miguel reencontrámo-nos ao fim de 12 anos separados, começámos a namorar e agora vamos casar! Coincidência? Acho que é mesmo o destino e uma fantástica premonição do nosso futuro juntos!

Ghent e Brugges são das cidades mais bonitas que conheço, cheias de recantos encantadores. Não sei quando vamos voltar lá, mas gostaria que fosse com os nossos filhos!

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.