Bilhete-postal enviado por Ana Costa

Em Roma há mil e um cantinhos para descobrir, sabores para provar e cafés para cheirar. O que não se sabe são os seus segredos… Ou talvez não... Pouco nos foi dito mas estávamos determinados a explorar a cidade para desvendar pelo menos um dos segredos.

Circulámos por séculos de história, por locais onde outrora gladiadores entretinham o público. Com a mão direita atirámos a nossa moeda para a Fontana di Trevi, pedindo para ali regressar. No quarteirão do Pantheon provámos o delicioso gelato, enquanto na Piazza Navona observámos a Fontana dei Quattro Fiumi. Subimos ao Castel Sant'Angelo e à Scalinata Di Spagna, e só descansámos em frente à Trinità dei Monti para vislumbrar fantástico pôr-do-sol.

Os dias passaram a correr, sempre de mapa na mão e prontos a aventurar-nos para mais histórias conhecer. Na sede da Igreja Católica tivemos a oportunidade de celebrar missa na Basílica de São Pedro e, além do mais, ver o Papa. Ainda naquela pequena cidade-estado mergulhámos na imensidão das suas obras de diferentes épocas, estilos e carácter.

Na encantadora Trastevere descobrimos uma “Roma” menos frenética e mais pitoresca pelas suas ruas estreitas e quarteirões labirínticos de forma aconchegante e onde experimentámos la vera pasta italiana.  Com a alma reconfortada e as energias recarregadas pegámos nas nossas mochilas e lá fomos nós, determinados a descobrir um dos muitos segredos de Roma. Era noite serrada, as ruas estavam pouco iluminadas e não se via viva alma na rua… nós não desistíamos, andávamos e andávamos, e o segredo iríamos desvendar. E não é que de entre mil e uma fechaduras de repente nos deparámos com uma das melhores vistas da cidade de Roma, il mondo dal buco della serratura. Digam lá, valeu ou não valeu a pena? Conseguem lá chegar? Aventurem-se pelas ruas da cidade de Roma e venham descobrir os seus segredos.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.