Quando decidimos viajar com uma bebé, há imensas questões que se colocam e que nos fazem quase desistir antes de tentar! Uma das principais talvez seja a escolha do destino… para onde ir e quais as condicionantes que devem orientar a nossa escolha?

Claro que, antes de tudo, devemos ter em conta o orçamento e o tempo de que dispomos para as férias. E, caso nos sintamos mais confortáveis, que tal começar por um fim de semana num local mais perto de casa? Já é um grande teste!

Mas se a ideia é tirar uns dias e fugir completamente da rotina, talvez a nossa experiência vos possa ajudar.

Tínhamos uma semana e queríamos um lugar acima de tudo seguro e com um sistema de saúde que nos permitisse estar tranquilos caso houvesse algum percalço com a Alice (e claro, fizemos todos um seguro de saúde antes de partir!).
Procuramos um destino com voos diretos a partir de Portugal (sem escalas), family friendly, calmo e onde fosse possível passear e descansar na praia. Encontramos voos com bons preços para o Dubai e a escolha foi imediata!

A próxima questão foi… como sobreviver a 8 horas de voo com uma bebé?

Sim, é um desafio… e cada bebé poderá reagir de um modo diferente, mas há certas dicas que podem ajudar imenso! Não vale desistir antes de tentar!

Relativiza e descomplica

Sim, os bebés vão em algum momento do voo chorar ou fazer barulho. É normal e tens de estar preparado para manter a calma se isso acontecer. Aliás, já todos fomos as pessoas que viajam sem miúdos e entendemos a situação, certo?
Por outro lado, as crianças são pequenas “esponjas”, quanto mais ansiosos estivermos, mais eles vão ficar. É altura do “sit down, relax and enjoy your flight”.

Adapta horários

O horário do voo pode ser determinante para conseguirmos uma viagem calma. Caso façam voos de longo curso, o ideal é viajar durante a noite para aproveitar o sono noturno, aliás, durante a noite a luz na cabine é reduzida, há menos estímulos e um ambiente mais tranquilo para os bebés. Caso não seja possível, ou em voos de menor duração, tentar conjugar com os horários das sestas.

Mantém rotinas

Seja vestir o pijama, tomar banho, ler uma história, cantar uma canção, ter disponível um determinado brinquedo, o que resultar com o vosso bebé em casa, deve ser o mais possível mantido durante o voo.
Quando marcamos voos para crianças com menos de 2 anos, podemos solicitar o berço no avião que é colocado “preso” à parede da cabine à frente dos vossos assentos e que os vai ajudar a descansar (e a nós também!). Por outro lado, podem contar com o apoio e assistência permanente dos tripulantes de cabine, para tudo o que for necessário.

Previne as dores de ouvido

Devido às diferenças de pressão na cabine, principalmente na descolagem e aterragem, pode haver maior propensão para dores de ouvido ou sensação de ouvido tapado. A sucção nestes momentos diminui muito este efeito e deve ser encorajada, quer com recurso a chupeta, biberão ou maminha.

Chega com tempo

Prevenir o stress da viagem começa por evitar situações que o promovam. Estar em filas intermináveis, já com atraso, num aeroporto deverá ser um dos maiores testes de nervos! Ainda mais agora que viajas com um carrinho, não vais poder ir nas escadas, vais ter de procurar pelos elevadores e já sabemos que ele nunca vai estar no andar que queremos à nossa espera!
Cheguem com tempo ao aeroporto, procurem as filas prioritárias e peçam sempre que necessário ajuda ao staff do aeroporto!

Agora escolham o destino, façam as malas, não se esqueçam dos carrinhos de bebé e bons voos! Apertem o cinto e “enjoy your flight”.

Sobre a família Wat

A Carolina e o Pedro são médicos especializados em Medicina de Aviação e Medicina de viagem. Juntos já visitaram mais de 60 países e agora partem para novas aventuras com a bebé Wat e a peluda de 4 patas, Sydney. Podem acompanhar as suas viagens no instagram @wat.to.sydney

O mundo inteiro no seu email!

Subscreva a newsletter do SAPO Viagens.

Viaje sem sair do lugar.

Ative as notificações do SAPO Viagens.

Todas as viagens, sem falhar uma estação.

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOviagens nas suas publicações.