Este facto traz boas e más consequências e se é certo que é o museu mais visitado do mundo, é certo também que tem sofrido inúmeros problemas de sobrelotação.

No último ano passaram pelo Louvre 10.2 milhões de visitantes, um número recorde que representa um aumento de 25% face ao ano anterior.

Por este motivo, as condições de visita têm vindo a deteriorar-se, com filas cada vez maiores e espaços de circulação cada vez mais apertados e sufocantes.

É óbvio que este museu deve e continuará a fazer parte da lista de desejos de qualquer turista, contudo, não reduza a sua experiência cultural em Paris apenas ao Louvre.

Há muitas outras (excelentes) alternativas que não deve perder. Abra a fotogaleria acima e descubra quais.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.