O Hotel Chinzanso Tokyo, um resort urbano de luxo, lançará "Mar de Nuvens de Tóquio" e "Mil Luzes" no dia 1 de outubro para celebrar um marco notável na história do seu famoso jardim japonês.

Durante centenas de anos, a localização do jardim de Chinzanso, agora no meio de Tóquio, foi apreciada pelas suas abundantes camélias selvagens. Em 1918, o barão Heitaro Fujita adquiriu a propriedade do príncipe Gensui Aritomo Yamagata, que havia batizado a propriedade de Chinzanso, que significa "vila na colina das camélias".

Fujita Kanko, hoteleiro e proprietário gerente do Hotel Chinzanso Tokyo, apresentou o jardim ao público em 1952, marcando 2022 o seu 70º aniversário. Para comemorar este marco, irão ser plantadas 10.000 árvores de camélia adicionais nos próximos três anos e o local irá ser palco de vários eventos.

De acordo com o hotel, o jardim é o que diferencia este de outros na cidade. "Nenhum outro hotel de Tóquio pode oferecer um oásis verde tão vasto".

"Mar de Nuvens de Tóquio" é um dos eventos que celebra o 70º aniversário do jardim. Normalmente visto na natureza em condições específicas, o hotel criará artificialmente um mar de nuvens várias vezes ao dia. A ideia é oferecer uma vista de sonho como se estivéssemos a olhar para as nuvens delicadas e a vegetação no topo das montanhas.

Desde o pôr do sol até às 23 horas de cada noite, o jardim será iluminado por 1.000 LEDs. Trata-se do espetáculo "Mil Luzes", outro dos eventos que o hotel irá proporcionar aos seus hóspedes e visitantes.

O hotel está a renovar o seu popular jardim noturno com um efeito dramático pela primeira vez em 12 anos. Alguns dos pontos cénicos do jardim, como a cascata e edifícios e/ou artefatos históricos, serão iluminados.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.