Foto: Cochem, Alemanha @booking.com

Descubra o melhor em hospitalidade com uma viagem a um dos dez destinos mais amigáveis do mundo, de acordo com a Booking.com e inseridos no Traveler Review Awards 2020.

De Goreme, na Turquia, Phong Nha, Vietname, Doolin, Irlanda e muito mais, onde uma recepção calorosa é simplesmente um modo de vida.

1. Goreme, Turquia

Não é à toa que uma cidade turca encabeça o primeiro lugar como o destino mais acolhedor do mundo, pois os visitantes são tratados como "convidados de Deus" na hospitalidade turca.

Descubra a beleza da cidade antiga de Goreme na famosa região da Capadócia, que foi apelidada de o lugar mais acolhedor do mundo pelo segundo ano consecutivo. Depois de apreciar a hospitalidade da cidade e estar pronto para explorar, a aventura acontece tanto na terra como nos céus. Descubra o labirinto da cidade subterrânea de Kaymakh e assista aos flutuantes balões de ar quente que se passeiam pelos céus.

Experimente a maravilha natural das icónicas “chaminés de fadas”, saboreie a deliciosa cozinha e vinho turcos e fique numa moradia numa gruta - para uma experiência de hospitalidade verdadeiramente única.

2. Tatranska Lomnica, Eslováquia

Respire o ar fresco da montanha durante uma viagem à pitoresca cidade de Tatranska Lomnica, situada entre as Montanhas Tatras. Uma férias ideais para os entusiastas de esqui e caminhadas, Tatranska Lomnica oferece uma abundância de cenários naturais deslumbrantes. Desde os brilhantes lagos glaciares Popradské Pleso Tarn e Morskie Oko, até ao Parque Nacional Tatras e a Cascata Obrovsky.

Esta pitoresca estância de montanha também acolhe o Lomnický štít, um dos picos mais altos da região e perfeito para viciados em adrenalina.

3. Phong Nha, Vietname

Um destino que acolhe colinas de arrozais e uma diversidade de flora e fauna indígena. No entanto, é de longe o mais conhecido pelo seu majestoso mundo subterrâneo de cavernas, com a famosa Hang Son Doong sendo uma das maiores cavernas do mundo.

Os viajantes com orçamento limitado têm a opção de explorar as cavernas públicas Paradise, Phong Nha e Dark Cave, onde podem descobrir rios subterrâneos, paisagens de selva e até um templo.

Depois de explorar as cavernas, faça um passeio panorâmico num barco dragão tradicional ao longo do Rio Son, visite o centro de resgate de vida selvagem e os jardins botânicos e caminhe pelo trilho Eco Non Mooc.

4. Kobarid, Eslovénia

A pitoresca cidade de Kobarid pode ser cercada por montanhas, no entanto, graças à sua vegetação exuberante, cascatas, desfiladeiros e rios de tons esmeralda, tem um toque mais mediterrâneo do que alpino.

Para os viajantes que procuram uma viagem ativa, Kobarid oferece uma variedade de atividades, incluindo: rafting, caiaque, pesca, bicicleta de montanha, parapente e caminhadas.

Para algo um pouco mais relaxante, faça uma viagem ao Museu Kobarid e depois visite um dos muitos restaurantes para provar o tradicional queijo Tolminc.

5. Cochem, Alemanha

Oferece aos viajantes arquitetura histórica, vinhas onduladas e o bonito vale Mosela. Explore Altstadt, que possui casas coloridas, ruas estreitas e sinuosas, lojas e um mercado. Entre na história com uma viagem a um dos castelos medievais, Reichsburg Cochem, e aprecie a comida e o vinho num dos muitos restaurantes ao longo da margem do rio.

6. Doolin, Irlanda

A encantadora cidade costeira irlandesa de Doolin está localizada a apenas três horas da movimentada capital de Dublin, mas oferece aos viajantes um vislumbre da cultura irlandesa tradicional. Diz a lenda que Doolin era o lar da música irlandesa. Por isso, os visitantes não devem deixar de ir a um dos muitos pubs para uma cerveja Guinness e uma boa craic (uma expressão irlandesa para diversão).

Explore as paisagens naturais dramáticas e caminhe pelo Trilho Costeiro de Doolin para ver as majestosas falésias de Moher e respirar o ar fresco e salgado do mar. Faça uma viagem de um dia às três ilhas Aran vizinhas, onde os moradores ainda falam a língua irlandesa nativa.

7. Cidade de Taitung, Taiwan

Mergulhe na rica cultura e história de Taiwan com uma viagem à cidade de Taitung, visitando os muitos templos e santuários taoístas. Os entusiastas do ar livre podem explorar o Parque Cultural Peinan, o Parque Florestal Taitung e caminhar pela Costa Taitung Jialulan, depois relaxar e rejuvenescer nas Termas de Zhaori.

Saboreie a rica cultura de Taitung, lar de sete tribos indígenas e aprenda sobre lendas e folclore locais. Para os amantes da cultura, o Festival Cultural Makapahay, que ocorre no verão, é um dos pontos a acrescentar ao seu itinerário, pois as tribos convidam os visitantes a aprender sobre a sua cultura.

8. Schenna, Itália

Schenna é a mistura perfeita de charme alpino italiano e estilo de vida mediterrâneo, com as suas encostas cheias de neve e a ensolarada cidade vizinha de Merano. Schenna é um ótimo refúgio gastronómico, desde aconchegantes pousadas nas montanhas a luxuosos restaurantes com estrelas Michelin. Os viajantes são atraídos a experimentar a cozinha tradicional do Tirol do Sul e os clássicos italianos.

A zona rural de Schenna oferece refeições de quinta à mesa, com os seus produtos regionais e mercados. Depois de comer até ficar satisfeito, saboreie o delicioso vinho e visite o museu de Castello Rametz para aprender mais sobre o vinho desta região.

9. Monte Verde, Brasil

Quando os viajantes pensam no Brasil, muitas vezes evocam imagens de sol o ano inteiro, praias de areia branca e florestas tropicais. No entanto, a pequena vila montanhosa de Monte Verde é um dos raros lugares onde pode ver um vislumbre de neve no Brasil. Monte Verde é uma joia escondida, não muito longe da movimentada cidade de São Paulo, oferecendo uma atmosfera pacífica e um paraíso para o alpinismo. Os melhores trilhos para caminhadas nas proximidades incluem Trilho da Pedra Redonda e Pedra Partida.

10. Lake Tekapo, Nova Zelândia

Adicione o Lago Tekapo à sua lista de destinos de viagem, que faz parte da Reserva do Céu Escuro da UNESCO e um dos lugares mais acolhedores do mundo pelo segundo ano consecutivo.

Os viajantes sortudos podem vislumbrar a Southern Cross, as galáxias satélites da Via Láctea e as Luzes do sul, a resposta do Hemisfério Sul às luzes do norte. O momento ideal para ver estas vistas espetaculares é entre abril e setembro.

Apelidada de a vista mais bonita da Nova Zelândia, outro local imperdível é o próprio Lago Tekapo. Este lago de cor turquesa é cercado por campos cor-de-rosa e roxos no meio de um cenário montanhoso.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.