Sound of the Forest reune alguns dos sons da natureza, especialmente das florestas, num mapa interativo. O mapa foi criado pela organização artística Wild Rumpus, que colabora com a produtora inglesa National Fores, para o Timber Festival, um festival de artes realizado no coração de uma floresta nacional do Reino Unido. A música e a natureza sempre foram a inspiração desse projeto cultural, motivado como agente de mudança para uma vida mais sustentável e saudável. Agora, os utilizadores de todo o mundo podem gravar e enviar os sons de florestas próximas para que todos os possam ouvir.

Até agora, mais de 600 sons de mais de 60 países em seis continentes foram enviados para a biblioteca de áudio e mais de 30 mil pessoas por dia estão a visitar o mapa para ouvir os sons da floresta. É possível ouvir todos os tipos de seres vivos, desde lémures a preguiças, e de todos os cantos do mundo, de Madagáscar à Noruega ou Nova Zelândia. Em Portugal, é possível encontrar 3 gravações, captados na Serra de Monchique, na Ribeira da Meimoa, em Penamacor, e em Creixomil, Guimarães.

Os sons da natureza serão utilizados na próxima edição do festival, em 2021.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.