Viajar é uma das melhores formas de abrirmos a nossa mente ao mundo para conhecer outras realidades, que podem contribuir ativamente para a construção de uma sociedade mais equilibrada e conscienciosa.

Neste sentido, a momondo, motor de busca de viagens, hotéis e carros de aluguer, sugere 5 cidades eco-friendly que o vão fazer perceber como algumas medidas ambientais e de sustentabilidade já são uma realidade em muitos países.

Aproveite as férias para descansar, mas também para conhecer novas formas de estar que o vão ajudar a ser mais consciencioso relativamente ao meio ambiente e, subsequentemente, mais ativo no mundo.

Estocolmo, Suécia

A viagem começa por uma cidade que se encontra num dos primeiros lugares da lista do Environmental Performance Index e que, em 2010, ganhou o Prémio de European Green Capital.

Estocolmo, na Suécia, é uma das cidades mais limpas da Europa. Com uma das infraestruturas de serviços mais bem estruturadas de sempre, permite-lhe manter o funcionamento regular da cidade sem quase recorrer a combustíveis fósseis (materiais com alto índice de poluição). Esta é uma das medidas que vão ao encontro da meta estabelecida pelo governo sueco de conseguir até 2050 ser uma cidade, totalmente, livre da utilização de recursos fósseis.

Aquela que foi uma das pioneira na criação de um dos primeiros programas de sustentabilidade no mundo (em 1976) é hoje uma cidade que proporciona uma qualidade de vida acima da média, onde se encontra água por toda a parte assim como espaços verdes. Explore o ambiente límpido e dê largos passeios pelos jardins e mercados da capital sueca.

suécia estocolmo
créditos: momondo

Copenhaga, Dinamarca

Outras das sugestões é Copenhaga, na Dinamarca. Uma cidade marcadamente sustentável que nos últimos anos se tem empenhado em reduzir as emissões de dióxido de carbono (CO2).

Nesta maravilhosa cidade é mais fácil ser “atropelado” por uma bicicleta do que por um carro, já que a maioria dos seus habitantes se desloca a pedalar para todo lado. Se calhar esta é uma “boa altura” para voltar à sua meninice e explorar um longo passeio de bicicleta enquanto aprecia a paisagem.

Descubra os cantos à cidade conhecendo a área de Christiania, com um estilo hippie e alternativo que o vão fazer ousar, ou então aventure-se por um passeio de barco em Nyhavn e renda-se à beleza colorida que caracteriza esta zona.

Aproveite ainda para conhecer “a pequena sereia”, inspirada na obra criada um dos escritores dinamarqueses mais famosos do século XIX, e ouça os cânticos sustentáveis desta cidade que de pequena só tem o conto.

Viena, Áustria

A terceira sugestão é um destino onde é possível relaxar e visitar os locais de forma sustentável. Passear por esta belíssima cidade nunca é um problema, existem várias alternativas desde a “clássica” bicicleta, ao skate, o barco ou a pé.

Venha descobrir o porquê de ter sido várias vezes considerada uma das cidades com melhor qualidade de vida. Examine este destino e deixe-se encantar pelas vastas áreas verdes e águas límpidas que descem do Alpes. Aproveite e visite o Museu de Sigmund Freud – local onde este viveu – onde poderá encontrar alguns dos seus pertences pessoais e conhecer um pouco desta figura mítica e algo controversa. E já que vai a Viena, não pode mesmo deixar de visitar os seus cafés.

Viena está repleta de locais históricos e culturais que o vão encher de curiosidade, ao mesmo tempo que, descobre uma cidade que claramente está preparada para “abraçar” a sustentabilidade como forma de estar.

austria viena
créditos: momondo

Helsínquia, Finlândia

Helsínquia, na Finlândia, é certamente um destino a ter em mente na hora de procurar uma cidade amiga do ambiente, com uma beleza assombrosa e uma oferta turística diversificada. Aqui poderá encontrar uma grande variedade de alojamentos que se encontram na categoria de eco-friendly, assim como é possível observar um elevado compromisso com as questões ambientais e a sustentabilidade do planeta.

Comece por visitar o Market Square, o maior mercado em Helsínquia, onde poderá encontrar milhares de bancas que oferecem produtos “apetitosos” e que o vão fazer salivar por um belo pequeno-almoço. De seguida apanhe o ferry e passe Fortaleza de Suomenlinna, onde poderá dar um longo passeio e quem sabe fazer um piquenique, enquanto aprecia a paisagem que o rodeia.

De caminho, não se esqueça de passar pelo Design District, onde vai encontrar uma grande oferta de lojas de design, antiguidades, museus e galerias de arte para poder absorver um pouco daquilo que se faz na Finlândia.

helsinquia
créditos: momondo

Genebra, Suíça

Uma das últimas sugestões para este roteiro de cidades eco-friendly é Genebra, na Suíça. Genebra é considerada uma green city, por manter uma grande consciencialização para as causas ambientais, assim como práticas sustentáveis, sendo a reciclagem uma delas. Todos os resíduos são classificados e separados. Por exemplo, para colocar uma saqueta de chá usada no lixo, é necessário separar a etiqueta do resíduo orgânico. A primeira vai para o depósito dos papéis e a segunda segue para a compostagem. Já o grampo de metal é encaminhado para a reciclagem e a linha é colocada num saco de lixo marcado.

Inicie o seu roteiro com a Jet d’Eau de Genebra, um símbolo desta cidade e que, literalmente, se pode descrever como um jato de água com 140 m de altura. Depois de um banho refrescante, aventure-se a pé pelo Centro Histórico de Genebra, onde poderá encontrar a Catedral de São Pedro de Genebra e a Capela de Macabeus. De seguida passe pela Praça da Bourg-de-Four e faça uma refeição num dos restaurantes ou cafés que aí existem.

genebra suiça
créditos: momondo

Faça das suas férias um marco na sua história, aventure-se a passear por algumas das cidades mais eco-friendly e veja como a sustentabilidade pode e deve ser uma tendência do futuro, porque viajar não é apenas umas férias, mas uma experiência de vida.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.