A Administração para a Segurança dos Transportes (TSA) partilhou um vídeo nas redes sociais, onde se pode ver um conjunto de partes cruas de frango a circular no tapete de bagagem do aeroporto, juntamente com as malas dos passageiros.

"As galinhas podem voar? Bem... com certeza nenhuma ave voa assim", escreveu a TSA no Instagram.

O vídeo já recebeu mais de 400 mil visualizações e 1.200 comentários. A administração não identificou o aeroporto onde o frango foi encontrado, mas marcou Seattle na localização.

Os pedaços do frango parecem amontoados em forma de cubo, sugerindo que teriam viajado dentro de uma caixa isotérmica, da qual teriam caído antes de chegarem ao tapete de bagagem.

"Não improvise as suas malas de viagem, a carne deve ser devidamente embalada. Gelo ou gelo seco são permitidos", explica a TSA na publicação.

O mundo inteiro no seu email!

Subscreva a newsletter do SAPO Viagens.

Viaje sem sair do lugar.

Ative as notificações do SAPO Viagens.

Todas as viagens, sem falhar uma estação.

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOviagens nas suas publicações.