Foto: Atyla ship Foundation

Depois de recebido pela tripulação, o público assistirá a um vídeo que mostra o navio em ação e poderá circular pelo convés, tirar fotografias e consultar um conjunto de painéis informativos. O interior do barco não estará acessível, mas poderá ser visto através das janelas.

Para controlar melhor as entradas e evitar longas esperas, a fundação espanhola Atyla Boat Foundation, organizadora da iniciativa, propõe uma pré-inscrição no site (com um donativo simbólico de um euro). Quem fizer este registo, receberá um email que, no próprio dia, dará acesso a uma fila prioritária.

O veleiro tem partida estimada para as 11h00 de 5 de junho, domingo, mas já com uma segunda paragem no horizonte: voltará à zona ribeirinha entre 20 e 22 de agosto.

Um barco que além de visitantes recebe também passageiros

A par destes momentos de portas abertas, a Atyla Boat Foundation organiza viagens internacionais, sem fins lucrativos, em que qualquer pessoa se pode inscrever cobrindo os custos.

Algumas destas travessias começam ou terminam no Porto, incluindo as que integram a rota Iacobus Maris, um “caminho de Santiago” feito por via marítima em grandes veleiros. A frota partirá a 23 de junho de Génova, em Itália, e tem chegada prevista à Invicta a 16 de julho, de onde rumará a Vigo dois dias depois.

Os bilhetes para estas aventuras estão à venda no site da organização.

O mundo inteiro no seu email!

Subscreva a newsletter do SAPO Viagens.

Viaje sem sair do lugar.

Ative as notificações do SAPO Viagens.

Todas as viagens, sem falhar uma estação.

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOviagens nas suas publicações.