"Os museus de Teerão e de outras cidades grandes do país, que não estão mais na área vermelha, ou seja, onde o risco de contrair o vírus é muito alto, reabriram este domingo. Os turistas e visitantes devem cumprir as medidas de segurança" sanitária, explicou o diretor dos museus do país, Mohamad-Reza Kargar.

"Estamos muito felizes e acredito que as pessoas também estão, porque estão cansadas de estar em casa devido à pandemia e visitar museus melhora o estado de humor", disse à AFP.

Museus reabrem no Irão após terem estado mais de um ano fechados devido à pandemia
Visitantes a sair do Museu Nacional do Irão, em Teerão. créditos: AFP or licensors

"Temos protocolos sanitários, é claro, e a quantidade de visitantes dependerá do espaço", completou.

Apesar da reabertura, este domingo, o Museu Nacional do Irão em Teerão continuava vazio.

O Irão é o país mais afetado pela pandemia no Oriente Médio, com mais de 5 milhões de infecções e 117.182 mortes, segundo dados do ministério da Saúde.

O mundo inteiro no seu email!

Subscreva a newsletter do SAPO Viagens.

Viaje sem sair do lugar.

Ative as notificações do SAPO Viagens.

Todas as viagens, sem falhar uma estação.

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOviagens nas suas publicações.