O Jardim Zoológico de Pequim, na China, reabriu ao público depois de um período de encerramento que iniciou a 24 de janeiro, como consequência da atual pandemia da Covid-19.

Durante o período de encerramento, os cinco mil animais foram alimentados e higienizados com regularidade pelos tratadores.

Dois meses depois, a normalidade começa a instalar-se, aos poucos, na capital chinesa.

O zoo de Pequim foi fundado em 1906, durante o final da dinastia Qing, sendo este o mais antigo da China e o parque público mais antigo do norte do país. Além de ser um espaço de lazer, é também um centro de pesquisa zoológica que estuda e cria espécies raras de vários continentes.

Além do zoo, também parte da Grande Muralha da China foi reaberto ao público. Porém, há ainda muitos locais turísticos encerrados, incluindo a Cidade Proibida, o ex-líbris de Pequim.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.