A tecnologia baseia-se na plataforma de dados Skywise da Airbus, que permitirá aos engenheiros da easyJet intervir e substituir peças antes da falha do componente, evitando, assim, que os passageiros sofram atrasos e cancelamentos.

“O nosso investimento na plataforma Skywise pode realmente fazer uma diferença tangível para milhares de passageiros ao beneficiar do poder do big data para reduzir atrasos. Isso irá transformar a maneira como preservamos e operamos os nossos aviões, com o objetivo de eliminar atrasos devido a falhas técnicas"”, afirmou Johan Lundren, CEO da easyJet.

O movimento faz parte do objetivo da easyJet de eliminar atrasos causados ​​por problemas técnicos. Estes baixaram de 10 por 1000 voos, em 2010, para pouco mais de três por 1000 voos e o objetivo a longo prazo da companhia é chegar a zero.

A easyJet está a liderar a indústria no uso de dados e inteligência artificial para melhorar a sua eficiência, bem como em outras partes da companhia aérea, onde a sua utilização pode reduzir custos, melhorar a satisfação do cliente e aumentar a receita”, refere o CEO da easyJet.

O novo programa baseia-se no sucesso de um teste da plataforma. Inicialmente, o foco estava em apenas três questões técnicas específicas em 85 aeronaves da frota da easyJet. O Skywise previu 31 falhas técnicas que permitiram à easyJet remover componentes antes de ocorrer uma falha.

Isso permitiu que, pelo menos 31 voos - que teriam transportado mais de 4.400 passageiros - operassem dentro do cronograma previsto, que de outra forma teria sido interrompido. Se a falha tivesse ocorrido num aeroporto remoto, o atraso poderia levar a um atraso noturno e causar atrasos noutros voos.

O Skywise permitirá analisar dados de outros componentes nos aviões da easyJet, graças à instalação das operações de voo recém-lançadas pela Airbus e do trocador de manutenção FOMAX - que conseguirão recolher 60 vezes mais dados que os sistemas existentes. O novo equipamento será instalado na frota da easyJet até o verão de 2019, permitindo à easyJet recuperar, a cada ano, cerca de 800 gigabytes de dados de até 24.000 parâmetros diferentes.

Segundo Tom Enders, diretor executivo da Airbus, “O nosso teste Skywise com a easyJet foi tremendamente bem-sucedido durante os últimos três anos, demonstrando ganhos significativos no desempenho operacional através da manutenção preventiva. Estamos muito satisfeitos em consolidar ainda mais a nossa colaboração, estendendo essa tecnologia da easyJet a toda a frota da Família A320”.

A Airbus lançou a plataforma de dados de aviação Skywise no Paris Air Show 2017, em colaboração com a Palantir Technologies - pioneira na integração de big data e análise avançada. A Skywise pretende tornar-se a plataforma única de referência usada pelos principais players da aviação, melhorando o seu desempenho operacional e os resultados de negócios, apoiando, assim, a sua própria transformação digital.

A easyJet opera a quarta maior frota da Airbus, a maior da Europa e a quarta maior do mundo - atualmente com 298 aviões, operando toda a sua frota em estrita conformidade com os regulamentos de todos os fabricantes, excedendo-os muitas vezes. A companhia aérea emprega uma força de trabalho altamente qualificada de mais de 200 funcionários de engenharia, bem como a terceirização para fornecedores externos em muitas bases em toda a sua rede.

A inovação está no ADN da easyJet - desde o lançamento da companhia aérea há mais de 20 anos, quando mudou a forma como as pessoas voam até aos dias de hoje, onde a easyJet lidera a indústria em inovações digitais, de engenharia, operacionais e Web, com o objetivo de tornar as viagens mais fáceis e acessíveis para os passageiros. Além da manutenção preventiva, a easyJet está atualmente a trabalhar numa variedade de inovações, incluindo a descarbonização da aviação, que inclui o teste de equipamentos elétricos de terra e tecnologia híbrida para apoiar o desenvolvimento de aviões totalmente elétricos.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.