O "The Floating Venice", previsto para 2020, terá capacidade para receber até 3 mil pessoas diariamente, oferece acomodação, restaurantes e zonas de lazer divididos em 4 decks, sendo que um deles encontra-se debaixo de água, para que todos possam apreciar os recifes de corais.

Os hóspedes chegam de barco, hidroavião ou helicóptero à Piazza San Marco, onde depois farão o check-in no lobby subaquático.

O resort é composto por 414 quartos (distribuídos pelos 4 decks), 24 piscinas, algumas vão ter um fundo em vidro, e 12 "praias flutuantes".

"The Floating Venice" créditos: PRNewsfoto/Kleindienst Group

Para transmitir a verdadeira experiência veneziana, não faltarão gôndolas diretamente importadas de Itália, restaurantes típicos e lojas tradicionais tal e qual como encontraria em Veneza.

Durante o ano, o resort também pretende celebrar a cultura e a arte da cidade italiana, com réplicas dos festivais tracidionais, como o carnaval de Veneza e a Festa del Rendentore.

"The Floating Venice" créditos: PRNewsfoto/Kleindienst Group

"A nossa visão está alinhada com a ambição de tornar o Dubai num dos principais destinos mundiais e na cidade mais avançada do mundo. Estou particularmente orgulho deste projeto. O nosso objetivo é melhorar a oferta imobiliária e a hospitalidade através da inovação e de uma nova experiência", afirmou Josef Kleindienst, Chairman do Grupo, em comunicado de imprensa.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.