A história por trás da pintura feita numa parede de Vila Nova de Gaia apenas com recurso a sprays é inspirada na enfermeira Sofia que trabalha no hospital de São João, no Porto. A profissional foi infetada em março com o novo coronavírus. "A enfermeira Sofia não teve a sorte de ser assintomática, esteve infetada dois meses e enfrentou semanas longas e duras de recuperação das suas totais capacidades", escreve MrDheo na sua conta de Instagram, onde apresenta este novo mural.

O artista português junta-se, assim, a um movimento global de artistas que têm dedicado obras de arte urbana a chamar atenção para a COVID-19.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.