com o apoio MEO
Adere à fibra do MEO desde €29,99/mês. Exclusivo Online.
 

Dia 1

O primeiro dia em São Miguel começou cedo, para que fosse possível visitar o maior número de locais possíveis e para ficar a conhecer a ilha e o seu património natural, histórico e gastronómico. A visita pela ilha foi feita com o guia Manuel da empresa Big Blue Adventures.
Para descansar
  • Chá Gorreana
    A Gorreana é a mais antiga ,e atualmente única, plantação de chá da Europa. Na visita à fábrica, é possível ver toda a maquinaria usada na durante a produção, desde a colheita das folhas, até ao embalamento das saquetas de chá. Durante a semana, é possível ver funcionários a limparem manualmente as folhas de chá. A visita termina na loja, onde é possível beber uma chávena de chá - verde ou preto - e comprar alguns dos produtos.
  • Miradouro Pico do Ferro
    Com 570 metros de altitude, o Miradouro Pico do Ferro oferece uma vista incrível sobre a vasta cratera vulcânica do Vale das Furnas, sendo possível observar a Lagoa das Furnas e a zona onde são feitos os cozidos.
  • O Tradicional Cozido das Furnas
    Junto à Lagoa das Furnas é possível ver o local onde é confeccionado o famoso Cozido das Furnas, usando o calor do vulcão. Os ingredientes são colocados em buracos no solo vulcânico - chamados de fumarolas - onde o calor do vulcão trata da cozedura dos alimentos.
  • Caldeiras das Furnas
    Por toda a freguesia das Furnas, existem muitas manifestações da atividade vulcânica, como é o caso das diversas caldeias e fumarolas existentes. Além disso, ao abrir algumas torneiras pode encontrar água ente ou até levemente gaseificada.
  • Cooperativa Celeiro da Terra
    Na Cooperativa Celeiro da Terra é possível adquiri vários biscoitos, compotas, licores e bordados. São oferecidas provas de licores, com diversos sabores, desde café ou leite, até aos tradicionais licores de tangerina ou ananás.
  • Almoço no Terra Nostra Garden Hotel
    Depois de assistirmos à retira do Cozido das Furnas, nada melhor do que rumar a um dos restaurantes da região para o saborear. O local escolhido foi o restaurante do Terra Nostra Garden Hotel que serve o cozido na sua versão tradicional mas também numa versão vegetariana. Para sobremesa, uma saborosa recriação do limão tradicional limão galego típico da região.
  • O Parque Terra Nostra
    Além da sua grande coleção de camélias e outras espécies raras, o Parque é conhecido mundialmente pelo seu Tanque de Água Termal, um ex-líbris dos Açores, com água a uma temperatura entre os 35 e 40 graus carregada de minerais essenciais. Percorrer os 12 hectares do Parque é uma excelente forma de desfrutar da natureza e caminhar por um cenário digno de conto de fadas.
  • Queijadas de Vila Franca do Campo
    Numa passagem por São Miguel não poderíamos deixar de provar as famosas Queijadas de Vila Franca do Campo, originalmente produzidas por freiras. As mais famosas são as da pastelaria do Morgado, onde é possível ver - através do vidro - o processo de produção.
  • Ermida de Nossa Senhora da Paz
    Em Vila Franca do Campo fica a Ermida de Nossa Senhora da Paz, que terá sido construída no local onde um pastor encontrou uma imagem de Nossa Senhora, numa gruta. Subir a pequena escadaria até ao topo é um pequeno preço a pagar por uma vista deslumbrante para a Vila e para Ilhéu de Vila Franca do Campo.
  • Praia de Água d'Alto
    Numa baía, a praia de Água d'alto é considerada uma das melhores praias de São Miguel. A poucos metros de distância está a Prainha de Água d' Alto, uma praia mais pequena e acolhedora perfeita para famílias com crianças.
  • Caloura
    A Caloura, em Água de Pau, é famosa pela sua incrível costa azul e as suas piscinas naturais. A Caloura é conhecida por ter um dos melhores microclimas de São Miguel, sendo mais soalheira e menos húmida que a restante ilha.
  • Jantar e noite no Grand Hotel Açores Atlântico
    Muito bem situado, no centro de Ponta Delgada e com vista para o mar, o Grand Hotel Açores Atlântico é uma excelente opção para quem quer descobrir a ilha e ficar alojado num local central. O hotel tem um restaurante com vista para a marina com várias opções deliciosas para um jantar tranquilo depois de um dia a descobrir a ilha.
 

Dia 2

No nosso segundo e último dia na ilha, fizemos uma visita com o Rúben, guia da empresa Azores Holidays, que nos levou a conhecer as principais paisagens naturais da ilha, numa longa e corrida jornada perfeita para quem quer visitar muito, mas tem pouco tempo.
Para descansar
  • Forte de São Caetano
    O Forte de São Caetano, atualmente em ruínas, foi construído com o objetivo de ser uma forma de defesa da povoação contra os ataques de piratas e corsários, outrora frequentes na região.
  • A "tímida" Lagoa do Fogo
    A Lagoa do Fogo é um dos postais emblemáticos dos Açores. É a segunda maior lagoa de São Miguel, mas também a mais "envergonhada" já que raramente deixa que a vejam. Frequentemente envolta em nevoeiro, que lhe confere uma mística especial, é um dos locais de visita obrigatória numa visita a São Miguel.
  • Centro de Interpretação Ambiental da Caldeira Velha
    O Centro de Interpretação Ambiental da Caldeira Velha é um local incrível para desfrutar da natureza verdejante dos Açores. Conta também com quatro poças termais onde é possível mergulhar em águas quentes, num verdadeiro jacuzzi ao ar livre, rodeado por vegetação.
  • Salto do Cabrito
    A cascata do Salto do Cabrito é uma queda de água com cerca de 40 metros de altitude, com águas cristalinas que convidam a banhos. Integra o Trilho do Salto do Cabrito, um percurso pedestre em rota circular com início e fim na zona das Caldeiras da Ribeira Grande.
  • Caldeiras da Ribeira Grande
    As Caldeiras da Ribeira Grande são constituídas por um pequeno núcleo de fumarolas e diversas nascentes de água mineral. É aqui que se encontra a banheira mais antiga de pedra datada de 1803, integrada depois no edifício dos banhos da coroa, construído em 1811. Desde 2014, são confeccionados os tradicionais cozidos açorianos também na Ribeira Grande.
  • Miradouro da Coroa da Mata
    A partir deste miradouro, é possível observar a maior planície da ilha. Ao longe, junto ao farol do Cintrão, podemos observar a costa recortada que faz lembrar a forma de uma tartaruga.
  • Almoço no Botequim Açoriano
    Em Rabo de Peixe, o restaurante Botequim Açoriano serve pratos típicos e sabores tradicionais de São Miguel. O peixe fresco é um dos pontos fortes do espaço, que conta ainda com sobremesas deliciosas como o Pudim de Feijão.
  • Miradouro das Pedras Negras
    Na Vila das Capelas, encontra-se o Miradouro das Pedras Negras, chamado assim devido à lava escura sobre as qual está assente. A partir deste local é possível apreciar a vista para o Morro das Capelas e a famosa e caricata Tromba do Elefante.
  • Miradouro das Cumeeiras
    O Miradouro das Cumeeiras permite contemplar a beleza da Lagoa das Sete Cidades. Muito menos conhecido do que o Miradouro da Vista do Rei, do lado oposto, oferece uma vista igualmente deslumbrante, mas muito mais tranquila, longe de multidões.
  • Ilhéus dos Mosteiros
    Os ilhéus dos Mosteiros são um conjunto de quatro grandes rochas na costa da freguesia dos Mosteiros, no extremo ocidental da ilha de São Miguel.
  • Miradouro do Escalvado
    O Miradouro do Escalvado é um dos locais ideais para contemplar o mar e assistir a um dos mais bonitos pôr do sol da ilha. Dizem que, em dias claros, é possível ver a ilha Terceira ao fundo e até o cume da montanha do Pico.
  • Ponte dos Rêgos
    Depois de desfrutar-mos da vista para a Lagoa das Sete Cidades ao longe, nada como a atravessar através da Ponte dos Rêgos que separa a Lagoa Verde da Lagoa Azul. É um passeio único e imperdível, onde não vai conseguir evitar parar para tirar fotos.
  • Lagoa de Santiago
    Sem a grandeza nem a popularidade de outras lagoas da ilha, a Lagoa de Santiago, próxima da Lagoa das Sete Cidades, surpreende pela sua beleza natural, com escarpas verdejantes e algumas flores que completam o cenário digno de postal de viagem.
  • Hotel Monte Palace
    Hotel Monte Palace é o antigo hotel de 5 estrelas que abriu em 1989, tendo fechado portas no ano seguinte. O hotel abandonado chama a atenção de quem por ali passa e tornou-se numa atração turística por si só, sendo cenário para fotos e visita dos mais curiosos.
  • Miradouro Vista do Rei
    Nomeado assim depois de o Rei D. Carlos I e a Rainha D. Amélia o terem visitado em 1901, este miradouro oferece uma vista deslumbrante sobre a cratera e a lagoa da Sete Cidades. É um dos mais populares miradouros de São Miguel e as fotos que de lá se tiram são verdadeiros cartões postais da ilha.
  • Plantação de Ananás dos Açores
    Com mais de 150 anos de história, o Ananás dos Açores é um fruto de Denominação de Origem Protegida (DOP), produzido exclusivamente na Ilha de São Miguel. Para ficar a conhecer mais sobre a história e todo o processo de produção, nada melhor do que visitar a plantação de Ananás, onde podemos ver o fruto nas suas mais diferentes fases.

Veja também

Reparámos que tem um Ad Blocker ativo.

A informação tem valor. Considere apoiar este projeto desligando o seu Ad Blocker.

Pode também apoiar-nos subscrevendo a nossa , as nossas notificações ou seguindo-nos nas redes sociais Facebook, Instagram e Twitter.