A exposição, intitulada “30 Anos a Viajar no Mundo das Marionetas”, integra o ciclo de exposições Monsaraz Museu Aberto e pode ser visitada na Igreja de Santiago – Galeria de Arte, naquela vila medieval do concelho de Reguengos de Monsaraz, no distrito de Évora.

A iniciativa, explicou a câmara municipal, apresenta mais de 100 marionetas de Maurício Rebocho, diretor artístico da Companhia Maurioneta, sediada no concelho.

Segundo o município, o público pode apreciar títeres de Portugal, Índia, Myanmar, Polónia, França, Inglaterra, México, República Checa, Indonésia e Argentina.

O espólio integra “marionetas raras, como as de Myanmar (antiga Birmânia) e as marionetas de sombras de Java, na Indonésia, que Maurício Rebocho demorou cerca de duas décadas para conseguir encontrar e adquirir”.

De Portugal, estão expostos os tradicionais robertos e bonecos de Santo Aleixo, indicou a organização, explicando que a mostra permite ainda aos visitantes ficarem a conhecer as várias formas de manipulação de marionetas, “que são diferentes em cada país”.

A Companhia Maurioneta, de Maurício Rebocho, fundada em 1989, dedica-se à produção e representação de espetáculos de teatro de fantoches e de luz negra.

Ao longo de quase 30 anos, o marionetista alentejano tem realizado espetáculos em todo o país e participado em festivais de teatro de fantoches, promovendo também oficinas e ações de formação sobre marionetas.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.