A Costa Rica é, por vezes, denominada “a Suíça da América Central”, com uma longa tradição democrática e uma reputação de tranquilidade que contrasta com os violentos conflitos internos que assolam os seus vizinhos limítrofes. No entanto, é a grande beleza natural da Costa Rica que fez dela um destino de topo entre os viajantes de todo o mundo. Assim sendo, recoste-se e aprecie as nossas dicas que lhe revelam o que pode esperar de uma visita à Costa Rica.

Dê uma oportunidade a São José


Chepe - como a cidade de São José é carinhosamente denominada entre os locais - não figura entre as prioridades dos que visitam Costa Rica, mas merece um oportunidade e irá, certamente, surpreender. A capital da Costa Rica, e maior cidade do país, localiza-se no centro do território, tornando-se um ponto de partida ideal para explorar as belas praias e parques nacionais que fizeram da Costa Rica um destino favorito entre os turistas. Com as suas estruturas de betão, arranha-céus modernos e trânsito caótico, a par de animados bairros coloniais, restaurantes elegantes, museus e parques, São José é uma mistura cosmopolita que oscila entre a América do Norte e as típicas capitais da América Latina.

Visite os Parques Nacionais


O nome Costa Rica faz já adivinhar a diversidade dos seus recursos naturais. O país alberga dentro das suas fronteiras mais de 500.000 espécies, o equivalente a 5% da biodiversidade do nosso planeta! O mais surpreendente é que toda essa diversidade coabita numa área de apenas 51.000 quilómetros quadrados - apenas 0,03% da superfície da Terra (Portugal possui uma área de 90.092 km²). Não é à toa que uma rede de parques nacionais e áreas de conservação cobrem atualmente 25% do território nacional da Costa Rica - a percentagem mais elevada no mundo, com 28 parques nacionais.

Costa Rica
A beleza natural é imensa créditos: Christian Arballo/CC 2.0

Esta rede de florestas protegidas, zonas húmidas e recursos marítimos é um paraíso para todos os amantes da natureza. Entre os parques nacionais mais populares destacam-se o Parque Nacional do Corcovado - denominado um dos lugares mais intensos do planeta pela National Geographic, devido à densa floresta tropical e abundante vida selvagem - e o Parque Nacional Manuel António - o menor do país, mas um favorito entre todos os que o visitam pela sua extraordinária floresta tropical, que se estende até ao litoral de praias de areia branca, o sonho de qualquer mergulhador pelos seus belos recifes de coral.

Explore os vulcões


A Costa Rica possui no seu território um elevado número de vulcões. Estes figuram entre as principais atracções turísticas do país, atraindo, simultaneamente, viajantes e cientistas. Os vulcões são uma parte fundamental da biodiversidade da Costa Rica, oferecendo importantes recursos naturais, como o solo fértil e minerais que têm contribuído para a exuberante paisagem da região. São, também, espaços ideais para caminhadas, montanhismo e muitas outras actividades, incluindo canoagem, rafting e passeios a cavalo.

Costa Rica
Um dos vulcões do país créditos: Pixabay

O Arenal é talvez o mais famoso dos vulcões da Costa Rica. Com o seu cone vulcânico perfeito, era até pouco tempo o mais ativo do país, expelindo gases e vapor regularmente até 2010. O vulcão Poás, que fica apenas a uma hora de viagem de São José, é o vulcão de mais fácil acesso aos visitantes, destacando-se como uma excelente opção de viagem de um dia a partir da capital. É possível conduzir quase até à cratera principal, onde poderá encontrar um lago de ácido fervente. Para algumas vistas panorâmicas, opte pelo vulcão Irazú, perto de São José. É o vulcão ativo mais alto da Costa Rica, pelo que, em dias de céu azul, poderá observar os oceanos Atlântico e Pacífico a partir do cume.

Siga as pisadas das tartarugas em Tortuguero


Apesar da sua localização remota, o Parque Nacional de Tortuguero é um dos parques mais visitados da Costa Rica. A principal atração de Tortuguero são, como o nome sugere, as tartarugas. No passado, milhares de tartarugas alcançavam a orla costeira do parque para aí desovarem e, devido aos esforços de conservação, tem-se registado um regresso crescente.

A época de reprodução da tartaruga-verde, em tempos quase extinta devido à caça, decorre entre julho e outubro, mas o parque é também o lar de várias outras espécies que nidificam nas praias, fazendo com que seja possível testemunhar este fenómeno incrível ao longo de todo o ano. Algumas podem ser avistadas a depositar ovos durante o dia, mas a melhor altura para testemunhar este momento surpreendente é durante a noite. Se tiver sorte, poderá até vislumbrar as tartarugas recém-nascidas rumo ao oceano pela primeira vez.

Costa Rica
Parque Nacional de Tortuguero créditos: Pixabay

Viajar de barco é a melhor forma de explorar o parque, navegando através da sua extensa rede de canais de água doce, alimentados pelas chuvas ininterruptas. A bordo de uma canoa, poderá testemunhar a abundante vida selvagem que coabita na selva densa do Parque Nacional de Tortuguero.

Não perca as plantações de café


Desde meados do século XIX o café tem desempenhado um papel de relevo na história e economia da Costa Rica, que se destaca como um dos principais produtores de café do mundo. Embora se possam encontrar plantações de café um pouco por todo o território da Costa Rica, este cresce principalmente nas encostas e vales do Vale Central. O clima frio das altitudes mais elevadas, a par do solo vulcânico extremamente fértil, são perfeitos para o cultivo de café.

Café, grãos de café
Um café conhecido em todo o mundo créditos: Pixabay

O café da Costa Rica é valorizado pela sua qualidade e é exportado globalmente, traduzindo-se num impacto significativo para a economia costarriquenha. Ao viajar pela Costa Rica, poderá vislumbrar fileiras sequenciais de plantas de café que se estendem para lá da linha do horizonte. É um panorama imperdível! Visitar uma plantação de café é uma boa oportunidade para aprender um pouco mais sobre a produção de café, a sua história, e muitas outras particularidades de como os pequenos grãos dão origem a uma aromática chávena de café.

Aprecie a gastronomia local numa tradicional 'soda'


Para experimentar a autêntica cozinha costarriquenha, opte por um dos muitos restaurantes familiares especializados em comida típica local. Aí poderá encontrar refeições caseiras e ricas em produtos locais - pense em arroz e feijão, puré de batatas, carnes e frutos do mar, legumes e frutas. Os preços reduzidos e porções avantajadas são a cereja no topo do bolo!

A gastronomia costarriquenha incorpora vários elementos da cozinha latino-americana, influenciada por pratos espanhóis e especialidades nativas. Tão certo como a Terra girar em redor do Sol, a cozinha costarriquenha orbita em torno de arroz e feijão. Lado a lado, eles são uma presença ubíqua na cozinha tradicional da Costa Rica.

Comida na Costa Rica
Comida tradicional créditos: Matt Drobnik/CC 2.0

'Casado' é o prato mais comum na Costa Rica e poderá comê-lo praticamente em qualquer lugar, a qualquer hora do dia ou da noite. Este prato consiste em arroz e feijão dispostos lado a lado, banana frita, uma porção de vegetais e uma opção de carne. Os frutos do mar são também incríveis e frescos, devido à proximidade do país a ambos os oceanos Pacífico e Atlântico. O ceviche continua a ser um dos pratos mais populares do país, feito de peixe cru fresco, marinado em sumo de citrinos com ervas finamente picadas. Como na maioria dos restantes países latino-americanos, o milho é uma parte importante das refeições do dia-a-dia, normalmente preparado sob a forma de tortillas, mas também noutros pratos de milho doce tradicionais, como pudim de milho e panquecas.

Apanhe uma onda


Com centenas de praias ao longo de ambas as costas - das Caraíbas e do Pacífico - a Costa Rica é um destino de surf reconhecido mundialmente. Localizada apenas nove graus a norte do equador, as temperaturas rondam constantemente os 25ºC. Na água poderá precisar de um fato de mergulho apenas para evitar queimaduras solares.

Costa Rica
Um destino para os amantes do surf créditos: Pixabay

Durante décadas, os surfistas escolheram a Costa Rica pela qualidade consistente das suas ondas. O recente aumento de surf camps, escolas e espaços de alojamento e entretenimento destinados aos praticantes desta modalidade têm tornado a Costa Rica num destino cada vez mais popular entre os adeptos do surf. Se a prática de surf sempre lhe suscitou curiosidade, a Costa Rica é um dos melhores lugares para aprender ou melhorar as suas habilidades. A Costa Rica é também um destino popular entre os surfistas profissionais, que escolhem as praias do país para praticar alguns truques mais arriscados. Enquanto destino de surf premium, a Costa Rica recebe várias competições internacionais. Esse é provavelmente um bom momento para se sentar à mesa de um restaurante e observar os profissionais.