Cafeína


É um clássico da elegância e sofisticação, longe da frenética Baixa, ideal para quem quer um local mais recatado e intimista. O aspeto mais positivo deste restaurante, localizado na Foz (Rua do Padrão, n.º 100), é a iluminação e a decoração sóbria, ideal para um jantar romântico.

Em 20 anos de existência, o Cafeína não perdeu a sua identidade e continua a ser o nosso local preferido para comemorar momentos importantes. Isto porque, falando agora de preços, que é sempre importante, não é um restaurante para todas as carteiras.

Restaurante Cafeína
Restaurante Cafeína créditos: DR

Um menu completo (entrada, prato, sobremesa e uma garrafa de vinho) pode chegar a custar 120 euros, para duas pessoas. Mais direcionado para uma cozinha francesa, que tanto gostamos, destacamos nas entradas o Vichyssoise com Pato Fumado (6.50€) e a Alheira de Caça Crocante, Concassé de Beterraba e Maçã (7.50€). Nas carnes, se optarem pelo Magret de Pato com Molho Agridoce, Legumes com Mel e Batata Rösti (18.50€) ou pelo Carré de Borrego com Crosta de Ervas e Limão (18.00€) não se arrependerão. Do lado dos peixes, a Pescada Recheada com Espinafres e Tomate Seco, Arroz Cremoso de Cebolinho (18.00€) é escolha acertada, enquanto nas sobremesas o Mil Folhas com Manga e Framboesas (7.00€) leva-nos ao céu. Mas estas são só as nossas sugestões, o menu do Cafeína é dos mais ricos e variados na cidade do Porto. Até fica difícil escolher no meio de tantas coisas boas.

Se estão à procura de um restaurante sofisticado para impressionar a vossa cara metade, o Cafeína é a escolha acertada. Não há como falhar.

Para mais informações consulte o site do restaurante.

Book


O Book “é um restaurante fiel às memórias literárias passadas”. É desta forma que este local se apresenta, isto porque ocupa um espaço que durante décadas foi a Livraria Aviz. Por isso, podem esperar uma decoração literária, desde as estantes até aos menus, com cores brancas e alaranjadas, dando alegria a este espaço.

Um jantar no Book é ideal para aqueles que querem uma boa experiência gastronómica sem terem depois de se deslocar muito para os badalados bares desta zona da cidade Invicta. De forma a desfrutar ao máximo deste espaço, cheguem um pouco antes da hora prevista e provem um dos cocktails no bar do restaurante, ou peçam já o vosso vinho e vão bebendo enquanto esperam pelo jantar. Caso prefiram uma bebida mais fresca e descontraída antes da vossa refeição peçam uma caipirinha “Jorge Amado”, com cravo e canela (6€).

Quanto ao menu, devidamente dividido entre prólogo, introdução, capítulos e conclusão, destacamos o Carpaccio de vitela, rúcula, lascas de parmesão e molho de mostarda (11€), Bife de atum à portuguesa (22€) e Bochecha de vitela e milhos estaladiços de Queijo da Serra da Estrela (16.50€). Nas sobremesas experimentem o melhor pão-de-lá do Universo (ovo ou chocolate) (6€).

No final, além de pagar a conta, que pode chegar aos 100€, ainda podem divertir-se ao som do DJ residente do Book, Rua de Aviz, n.º 10.

Para mais informações consultem a página oficial do Book.

Champanheria da Baixa Bistrô


Depois do sucesso da Champanheria da Baixa, na Rua da Picaria, os donos do espaço decidiram alargar o conceito e abriram um restaurante na Rua Sá da Bandeira, n.º 467, para refeições mais duradouras.

A Champanheria da Baixa Bistrô foi a nossa mais recente descoberta e podemos confessar que foi marcante. A decoração do espaço é das mais bonitas da cidade do Porto, com uma ambiente cool e descontraído, uma vez que neste espaço, enquanto comem, irão ouvir música electrónica de ambiente.

Champanheria da Baixa Bistrô
Champanheria da Baixa Bistrô créditos: DR

A árvore colocada no meio do restaurante, no centro do bar de cocktails, confere ao Champanheria da Baixa Bistrô um ponto de visão único, difícil de tirar os olhos de cima. Por isso, este restaurante é a escolha ideal para grupos ou para um jantar a dois mais descontraído e animado.

Contudo, e devemos dizer a verdade, a comida não é o ponto forte deste restaurante, pecando pelo menu pouco diversificado. Mesmo assim, queremos referir que se come bem, mas não ficamos deslumbrados. Mas então o porquê da escolha deste espaço neste top-3? Porque não há muitos restaurantes deste género na cidade do Porto, um género que muito apreciamos e que se assemelha ao que procuramos quando viajamos pelo mundo.

No final do jantar relaxem e deixam-se levar pelas escolhas do barman. Gostam de gins? Então peçam a vossa marca preferida e deixem que lhe preparem. Nós arriscamos no Gin Nordés com laranja e podemos partilhar que foi o nosso melhor gin até à data. Melhor do que um só mesmo dois.

Quanto a contas, a vossa fatura deverá rondar os 100€ com refeição completa.

Para mais informações consultem a página de Facebook do restaurante.