Depois de uma passagem por Linhares da Beira, pus-me a caminho da 8ª aldeia do meu roteiro de viagem pelas 12 aldeias históricas de Portugal: Trancoso. Confesso que não sabia exatamente o que esperar, mas o que encontrei ao lá chegar deixou-me com um sorriso rasgado na cara. A entrada em Trancoso faz-se passando por uma das principais portas da muralha que ainda hoje a rodeia, a Porta d'El Rei. É fácil imaginarmos cavaleiros, reis e rainhas a percorrerem aquelas ruas e a atravessarem exatamente aquela mesma porta há séculos atrás. Percorri ruas onde grandes hortênsias forravam as paredes das suas casas, subi ao topo da Torre de Menagem do Castelo onde vi as vistas magníficas sobre a planície que rodeia Trancoso e não pude sair de lá sem experimentar as famosas sardinhas doces.

Abaixo encontra um Guia de Viagem sobre Trancoso com informações sobre como chegar até lá, o que ver, onde dormir e onde comer, para aproveitar ao máximo a sua visita.


Como chegar:

Se vier de Lisboa ou do Porto deverá apanhar a A1 e sair na saída para a A23 em direção a Abrantes/Torres Novas/Castelo Branco. Já na A23, deverá sair na saída 36 para a A25 em direcção a Aveiro/Guarda Norte. Na A25 saia para o IP2 de onde deverá seguir em direcção a N102 e daí para Trancoso.

Coordenadas GPS: 41.0434985, -7.6119233


O que fazer e visitar em Trancoso:

  • Castelo, Muralhas e Torre de Menagem

Classificado como Monumento Nacional em 1921, o Castelo de Trancoso ergue-se no topo da colina, numa posição privilegiada, que em tempos lhe foi essencial a nível defensivo e estratégico. As recentes escadas de acesso ao Castelo oferecem em cada degrau, a quem as sobe, importantes apontamentos sobre os vários acontecimentos históricos ao longo dos séculos desde a sua construção. No interior do Castelo suba até ao topo da Torre de Menagem para usufruir das magníficas vistas sobre a zona envolvente, veja as ruínas de uma antiga Capela e espreite para dentro de uma gruta que uns dizem ser o poço-cisterna do Castelo e outros dizem ter sido em tempos parte de passagens secretas subterrâneas. As muralhas apresentam três portas principais: (Portas d’El Rei, Portas do Prado e Porta do Carvalho) e 2 portas secundárias (Porta da Traição e Olhinho do Sol). Junto à Porta da Traição encontra-se uma estátua construída em honra do lendário cavaleiro João Tição.

Muralhas de Trancoso
créditos: Maria João Proença (Joland Blog)

  • Igreja de Nossa Sr.ª da Fresta

Fundada no século XII, a Igreja de Nossa Srª da Fresta é uma das mais antigas Igrejas de Trancoso. Está localizada fora das muralhas e mantém ainda, apesar das reformas de que foi alvo durante os anos, o seu aspecto original.

Igreja de Nossa Sra da Fresta
créditos: Aldeias Históricas de Portugal

  • Estátua de Gonçalo Anes Bandarra

Em frente ao edifício dos Paços do Concelho (datado de 1920), no Largo do Município, encontra-se a estátua de Gonçalo Anes Bandarra, uma famosa figura que viveu em Trancoso no século XVI. Bandarra era um sapateiro, poeta e profeta que escreveu trovas que o levaram a ser perseguido pela Inquisição de Lisboa sob suspeitas de “Judaísmo”. O seu túmulo encontra-se na Igreja de São Pedro.

Estátua de Gonçalo Anes Bandarra
créditos: Maria João Proença (Joland Blog)

  • Parque Municipal

O Parque Municipal de Trancoso data de 1886 e alberga cerca de 650 árvores de 40 espécies diferentes. É uma grande mancha verde visível logo à chegada a Trancoso. Em 2015 foi aí instalado um circuito de manutenção que permite a prática de exercício físico ao ar livre.

Parque Municipal de Trancoso
créditos: Aldeias Históricas de Portugal

  • Palácio Ducal

O Palácio Ducal é um dos edifícios mais imponentes de Trancoso. Foi construído durante o século XVIII como residência de Viscondes, apesar do nome. Na fachada destaca-se o brasão da família dos Costa, Lopes e Tavares.

Palácio Ducal
créditos: Aldeias Históricas de Portugal

  • Campo Militar da Batalha de Trancoso

Foi aqui que, no dia 29 de maio de 1385, decorreu a importante Batalha de Trancoso entre tropas portuguesas e tropas castelhanas. Localizado a cerca de dois quilómetros de Trancoso, este local é, desde 2012, considerado Monumento Nacional. As escavações, que decorrem desde 2005, revelaram a presença de dois templos medievais.

Campo Militar da Batalha de Trancoso
créditos: Aldeias Históricas de Portugal

  • Casa do Gato Preto

Também conhecida como “Casa do Leão de Judá”, este edifício é um dos mais importantes símbolos judaicos em Trancoso, tendo sido residência e local de comércio de Judeus. A casa é conhecida pelos quatro elementos que se encontram na sua fachada dos quais se destaca a figura do Leão de Judá e o seu nome provém de uma escultura no seu interior que se assemelha a um gato preto.

Casa do Gato Preto
créditos: Aldeias Históricas de Portugal


Onde dormir em Trancoso:

  • Casa do Redondo

Tive o prazer de passar uma noite na Casa do Redondo antes de seguir caminho na minha rota pelas Aldeias Históricas. Está localizada na tranquila aldeia do Rabaçal, a poucos minutos de distância de Trancoso e inserida numa propriedade de 27 hectares. A possibilidade de passar a noite num solar do século XVIII, ainda hoje pertencente à família Sampaio e Mello, cheio de recantos encantadores e detalhes que nos fazem perder em séculos de história é, sem dúvida, uma experiência magnífica. A piscina, o fantástico pequeno-almoço com produtos locais de elevada qualidade, o picadeiro (com possibilidade de dar uma volta de cavalo ou de charrete pela zona), os imensos recantos do seu tranquilo jardim e o salão de jogos são alguns dos elementos que compõem esta pitoresca casa de turismo rural e que contribuem para uma memorável experiência numa visita a esta zona.

Link para reserva: Alojamento Casa do Redondo

Casa do Redondo - Rabaçal
créditos: Maria João Proença (Joland Blog)

  • Hotel Turismo de Trancoso

O Hotel Turismo de Trancoso é um hotel 4 estrelas localizado a 200m do centro histórico de Trancoso. O Hotel é composto por 53 quartos espaçosos e confortáveis, uma piscina interior, um centro de fitness, restaurante e bar, sendo uma boa opção para uns dias bem passados em Trancoso.

Link para reserva: Alojamento Hotel Turismo de Trancoso


Onde comer em Trancoso:

  • Restaurante Dom Gabriel

O local ideal para provar os pratos típicos da zona, confeccionados com ingredientes locais de excelente qualidade. Um espaço reduzido, mas muito bem cuidado e acolhedor.

Morada: Avenida Engenheiro Frederico Ulrich 9A, Trancoso | Contacto: +351 918 408 755

  • Restaurante O Museu

Está localizado no centro da zona histórica de Trancoso, numa típica casa beirã, e oferece um menu repleto de pratos típicos num ambiente acolhedor dividido por dois pisos e uma esplanada. A casa foi em tempos residência do famoso Padre Costa que com os seus 299 filhos contribuiu largamente para o repovoamento da Beira Alta.

MoradaLargo Santa Maria Guimaraes, Trancoso | Contacto: +351 926 378 049


Festas e Eventos Especiais em Trancoso:

Feira de S. Bartolomeu: Agosto

Feira de Sta. Luzia: Dezembro

Feira do Fumeiro: Fevereiro/Março


Aldeias Históricas mais próximas:

Marialva - 23 kms

Linhares da Beira - 36 kms


Agradecimentos:

Logotipo Aldeias Historicas de Portugal (small)