Passado e presente encontram-se nas ruas da cidade, numa combinação de herança medieval e extraordinária arquitetura georgiana, que serve de pano de fundo a um eclético panorama de arte moderna, com excelentes museus e galerias e vibrantes festivais de arte.

Existe um motivo pelo qual os clássicos se tornam clássicos: alguns clichés são, simplesmente, verdadeiros. Quando, em viagem, existem lugares que não podem deixar de ser visitados e nenhuma viagem a Edimburgo estaria completa sem uma passagem por alguns dos seus principais pontos turísticos.

Castelo de Edimburgo


Nenhuma viagem a Edimburgo estaria completa sem uma visita ao Castelo de Edimburgo. Orgulhosamente empoleirado sobre a cidade, foi construído no local de um vulcão já extinto. No seu interior, os principais pontos de interesse incluem a pequena Capela de Santa Margarida, que data do século XI; a saudação diária, com direito a disparo de uma arma, que tem lugar à uma da tarde em ponto na Half-Moon Battery (Bateria Meia-Lua); e a Pedra do Destino, uma relíquia de antigos reis escoceses, roubada pelos ingleses e só devolvida 700 anos mais tarde, em 1996. Em dias de céu azul, as vistas são de tirar o fôlego, alcançando vários quilómetros até ao interior da Escócia.

Explore a história escocesa ao longo da Royal Mile


Fazendo a ligação entre o Castelo de Edimburgo e o Palácio de Holyrood - residência oficial da Rainha - a Royal Mile atravessa o coração da Cidade Velha de Edimburgo. Com um quilómetro e 600 metros de comprimentos, um pouco mais de uma milha, faz fronteira com imponentes prédios, intercalados por becos e pátios que permitem um vislumbre do passado medieval da cidade. Há muito para explorar em ambos os lados desta via histórica, juntamente com alguns dos melhores lugares da cidade para comer ou simplesmente tomar um aperitivo. Os destaques incluem a Catedral de Santo Egídio, vários museus e galerias, e o surpreendentemente moderno edifício do Parlamento Escocês.

Calton Hill
Vista de Calton Hill créditos: Martinmates | Dreamstime.com

Suba ao topo do Monumento a Walter Scott


O Monumento a Walter Scott é um dos marcos mais famosos de Edimburgo. Situado no coração de Princes Street, a principal rua comercial de Edimburgo, é um testemunho do quão orgulhosa a cidade é dos seus nativos. Sob a impressionante estrutura neogótica, feita de arenito escurecido, encontra-se uma estátua do autor local Sir Walter Scott, a par de outras estátuas menores de figuras da história escocesa ou de personagens literárias criadas por Scott. Poderá apreciar o monumento do chão ou, por apenas algumas libras, subir os 287 degraus em espiral que o levarão até ao topo e assim desfrutar de uma excelente vista sobre o Castelo e os arredores de Edimburgo.

Aprecie as vistas de Calton Hill


A cidade de Edimburgo foi construída sobre sete colinas. Situada no centro da cidade, poucos passos separam Calton Hill do núcleo histórico. No topo do Calton Hill encontra o Monumento de Nelson e o Monumento Nacional - uma acrópole inacabada que pretendia ser uma réplica do Parthenon, em Atenas, erguida em memória dos mortos das guerras napoleónicas. Embora localmente apelidado de "desgraça de Edimburgo", as vistas deslumbrantes do Calton Hill cativam os corações dos moradores e visitantes, destacando-se como um lugar popular entre os amantes da fotografia.

Haggis
Haggis, uma das iguarias mais famosas da Escócia créditos: Ppy2010ha | Dreamstime.com

Haggis, shortbread e uísque. E não podemos esquecer o bife Scotch!


Os haggis são o prato nacional da Escócia. Feitos de miúdos de ovelha, não são exatamente um testemunho de cozinha de autor, mas são repletos de sabores tradicionais e não existe nada mais intrinsecamente escocês. O shortbread amanteigado e o regulamentado uísque escocês são também imperdíveis. Se é um amante de pratos de carne, não pode perder o bife Scotch - e não se trata simplesmente de carne escocesa comum. Este é proveniente de explorações escocesas selecionadas. Afinal de contas derrotou os haggis, o shortbread e o uísque, tendo sido nomeado o produto favorito dos escoceses numa sondagem nacional.