As tapas são uma forma excelente de explorar a gastronomia de Espanha. Em cada pequeno prato servido, encontra-se um pedaço da cozinha espanhola.

"Tapear" é uma daquelas experiências que quem visita Espanha deve ter. É parte da cultura espanhola e do seu dia-a-dia.  As tapas servem de petisco ou podem mesmo substituir refeições. Acompanham as bebidas - com ou sem álcool - e os finais de tarde entre amigos, num bar ou esplanada. Fazem parte dos bons momentos de descontracção dos espanhóis.

Podem ser frias ou quentes, simples ou elaboradas, sempre servidas em pequenos pratos. Embora variem de região para região, existem alguns ingredientes comuns: queijo; chouriço, azeitona, alho, presunto e azeite. Alguns bares servem mais de 30 tapas.

Tapas
créditos: Pixabay

E isto reflete a mentalidade espanhola. Existirá algo melhor do que comer, beber e conversar, num ambiente descontraído?

Como escolher um bom bar de tapas em Espanha


A oferta é tanta que, por vezes, pode ficar complicado. A melhor forma para decidir é ir por exclusão de partes.

Siga o seu instinto, comece pelo bar que mais o atraí. Antes de entrar, verifique se servem tapas à mesa. Alguns espaços só servem tapas ao balcão e à mesa só doses maiores.

Se ainda não estiver convencido, tenha atenção ao ambiente. Quem frequenta o espaço? Tem muitos ou poucos clientes? Existem espanhóis ou são só turistas? Se existirem locais, é um bom sinal.

Tapear, tapas, Espanha
créditos: AFP

Outra forma de avaliar se é uma boa opção é tendo em conta a variedade. Compare. E não se esqueça de verificar a qualidade do presunto e de outros enchidos. Dizem que os que têm presuntos pendurados no teto são os que têm melhor qualidade.

Na dúvida, consulte algum site especializado em avaliações de restaurantes, como o Tripadvisor, para decidir.

Dicas para saborear as tapas


Não peça tudo de uma vez. Muitas das tapas já estão preparadas e, assim, evita ficar com a mesa muito cheia. Imagine chegarem cinco ou seis tapas ao mesmo tempo…

Por outro lado, nunca se sabe se não vê algo “a passar” que vai querer experimentar. Comece por pedir uma ou duas tapas e guie-se pelo “logo se vê”.

Não fique só num estabelecimento. O melhor é andar de bar em bar e provar um pouco de tudo nas “zonas de tapas” - tal como fazem os espanhóis.

Origens


Existem várias lendas relativamente à origem da tapa. Há quem diga que começaram no século XIII com o rei Alfonso X, que pedia que lhe servissem pequenas doses de comida para acompanhar o vinho. Outros acreditam que começaram devido ao velho hábito de se tapar o copo com o pão e enchidos para não cair nenhum inseto dentro.

Dia Mundial da Tapa


Embora seja um costume espanhol, há cada vez mais estabelecimentos em todo o mundo que servem tapas. A fama destes petiscos já é tanta que a 16 de junho assinala-se o Dia Mundial da Tapa em várias cidades do mundo.

Tapas
créditos: AFP

Em Portugal, a data também é celebrada. Se não pode "ir de tapas" até Espanha, porque não ir por cá e sair para saborear estes petiscos dos nuestros hermanos?

Saiba mais informações sobre o Dia Mundial da Tapa aqui.

E onde podemos saborear tapas espanholas em Portugal? Deixe as suas sugestões no espaço de comentários deste artigo.