Rijomax é um acrónimo do nome do seu criador - Amândio José Ribeiro - e o exemplar de relojoaria mais completo do mundo. O relógio está, atualmente, exposto na Loja Interativa de Turismo de Tabuaço e, mesmo não estando a funcionar, atraí muitos visitantes pela sua singularidade.

O relógio único em todo o mundo tem capacidade para desenvolver 34 funções através dos seus mais de 16 mil algarismos e letras. Além de marcar os segundos, horas, dias, semanas, meses e anos marcava também as estações e trimestres, os anos bissextos, as fases da lua, assim como os anos lunares, solstícios e equinócios. Assinalava os feriados, os dias Santos e as festas móveis, possuía barómetro e termómetro e mostrador dos pontos cardeais. Despertava com música à escolha, falava dizendo as horas e dava uma oração em "vocábulo religioso".

Rijomax créditos: Câmara Municipal de Tabuaço

O relógio foi criado para funcionar durante milhares de anos com margens de erro mínimas e está programado para corrigir a diferença horária existente entre o calendário gregoriano em uso no Mundo Ocidental e o tempo solar.

"Uma obra misteriosa – O Mundo inteiro dentro de um relógio", é a frase gravada no cimo do relógio e parece descrevê-lo na perfeição. O relógio entrou mesmo para o Guiness Book of Records e alcançou a fama mundial.

Dividido em quatro armários, o relógio pesa mais de 150 quilos, tem uma altura superior a dois metros e foi construído recorrendo a vários materiais reciclados, como recortes de jornais e revistas. Amândio José Ribeiro passou mais de 16 mil horas entre 1945 até 1973 a construir o Rijomax, em segredo e nem mesmo a sua esposa tinha conhecimento do projeto.

Amândio José Ribeiro, nasceu em 1912, no concelho de Pinhel, freguesia de Santa Eufémia e, após completar o 4º ano de escolaridade, começou a trabalhar como relojoeiro e ourives. Em 2000, decidiu vender o seu Rijomax, à Câmara Municipal de Tabuaço. Amândio José Ribeiro acabou por falecer em 2002 aos 90 anos, e desde aí mais ninguém soube como colocar o relógio a funcionar. O Rijomax já foi analisado por vários peritos em relojoaria, muitos deles vindos da Suíça, mas nunca ninguém conseguiu descobrir como se põe o relógio a funcionar novamente.

O relógio pode ser visitado na Loja Interativa de Turismo de Tabuaço, localizada no Jardim Conde Ferreira, bem no centro da vila de Tabuaço.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.