O mês de agosto é recheado de festas e romarias que inundam o país, especialmente no Norte, com uma enorme variedade de gastronomia tradicional, folclore e música popular. No Norte de Portugal as seculares romarias exibem ainda, nas praças e nos terreiros, diferentes tipos de alfaias de sabor artesanal, fruto de uma ruralidade que ainda persiste no quotidiano das populações. O Norte é mais festeiro e não há, praticamente, nenhuma aldeia que não tenha uma festa de verão a celebrar o santo padroeiro.

As romarias são quase sempre em honra de um santo, mas independentemente da religião, são um momento de diversão, em que muitas pessoas que passam o ano fora do país aproveitam para reviver as suas raízes e a sua identidade. Se procura umas férias um pouco mais tradicionais, não pode perder estas festas e romarias que são verdadeiros marcos identitários do povo português.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.