O parque de dinossauros mais famoso do país reabriu ao público no dia 20 de maio com um conjunto de medidas de controlo que garantem a segurança de todos os visitantes e colaboradores e com muitas novidades a nível de atrações.

Ainda durante o mês de maio, foi inaugurada a Torre de Observação Jurássica, com cerca de 6 metros de altura, onde os visitantes podem contemplar uma vista sobre os principais e emblemáticos modelos de dinossauro do Dino Parque, incluindo os famosos diplodocos e T-Rex.

A partir do dia 20 de junho, o Parque vai apresentar a BIG 5, uma exposição temporária dedicada às maiores espécies terópodes da Europa. Conforme explica Simão Mateus, Diretor Científico do Dino Parque "são cinco dos maiores dinossauros carnívoros da Europa, sendo o Torvosaurus o maior de todos e existiu aqui mesmo em Portugal, na Lourinhã, assim como o Allosaurus ou o Baryonyx. Este último já descoberto no Cabo Espichel e também em Inglaterra. Temos ainda o Neovenator, da ilha de Wight, no Canal da Mancha, e o Wiehenvenator, da Alemanha, cada um com contribuições específicas para a paleontologia."

Nos primeiros dias de julho, o Dino Parque vai receber uma novidade a nível mundial: o primeiro modelo em escala real  de um dinossauro único que viveu apenas na região da atual Lourinhã: o Miragaia logicollum. Podendo atingir entre 7 a 8 metros, e 2 toneladas de peso, este espécime viveu no período Jurássico Superior, pertencente ao grupo dos estegossauros.

Os fósseis do Miragaia que podem ser observados no Dino Parque foram encontrados em Miragaia, na Lourinhã. Outro exemplar de Miragaia encontrado na Atouguia da Baleia, Peniche, poderá ser visitado muito brevemente no Museu Geológico em Lisboa.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.