Amália da Piedade Rebordão Rodrigues nasceu em Lisboa em 1920, tendo falecido na mesma cidade em 1999. Em 2001, os restos mortais de Amália foram transladados do Cemitério dos Prazeres para o Panteão Nacional, sendo a primeira mulher a tornar-se "herói nacional". Com uma carreira internacional brilhante, dando enormes contributos para a difusão da cultura e da língua portuguesas em todo o mundo, Amália é uma das mais celebres personalidades portuguesas, recordada por todo o país e, em especial, em Lisboa.

As casas onde viveu, os lugares onde cantou e actuou, os murais que a recordam... São vários os locais que eternizam Amália Rodrigues, o nome maior do Fado. Percorra a galeria e descubra alguns deles.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.