Luís Vaz de Camões, autor d´Os Lusíadas, a maior obra épica de Portugal, faleceu no dia 10 de junho de 1580. Passados quase cinco séculos da morte do poeta, é difícil seguir a sua pegada material, mas resistem ainda vários locais onde Camões terá estado presente e vários outros que lhe prestam homenagem.

Da casa onde terá vivido ao seu túmulo no Mosteiro dos Jerónimos, passando prisão onde terá ficado durante meses, local assinalado agora com azulejos em sua homenagem, há vários locais que mantêm viva a memória de Luís de Camões.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.