As tartarugas-gigantes têm dimensões variáveis, de espécie para espécie, mas as maiores podem atingir os 300 quilos e mais de um metro de comprimento. O habitat está, atualmente, limitado a dois grupos de ilhas no Equador e Seychelles.

Ilhas Galápagos

As Ilhas Galápagos são parte do território do Equador e consistem em cerca de 20 ilhas, onde as tartarugas-gigante terão chegado há quase 1 milhão de anos. Após a extinção de 4 espécies, o arquipélago é, atualmente, lar cerca de 11 espécies de tartaruga-gigante, sendo que muitas são consideradas criticamente ameaçadas principalmente devido a atividades humanas.

Experiências de vida selvagem
créditos: Pixabay

Uma das tartarugas mais famosas era conhecida como o "Lonesome George" ("George Solitário") um macho de Geochelone Abingdoni encontrado em 1972, que morreu em 2012 sem encontrar uma parceira, declarando oficialmente o fim da espécie. No início de 2o19, foi encontrado um espécime de Tartaruga Gigante da Fernandina, espécie que se considerava extinta há mais de 100 anos.

A região abriga, desde 1959, o Parque Nacional de Galápagos, além da fundação Charles Darwin (inaugurada em 1965), duas entidades que trabalham em conjunto na preservação da espécie e do seu habitat.

Aldabra

O atol elevado de Aldabra, no sul do arquipélago das Seychelles é uma das maravilhas naturais em bom estado de conservação e é Património Mundial da UNESCO desde 1982.  A ilha aloja a maior população de tartarugas-gigantes do mundo, com mais de 150 mil indivíduos. Por estarem em perigo de extinção, os cientistas estão a estudar formas de preservação.

Tartaruga-gigante nas Seychelles
créditos: Pixabay

Outras ilhas das Seychelles contêm tartarugas-gigantes em estado selvagem, como é o caso de North Island, Cousin Island e Curieuse Island que tem aproximadamente 500 indivíduos. Algumas tartarugas de Aldabra vivem por um período excepcionalmente longo. Atualmente, o recorde da tartaruga mais velha do mundo é de Jonathan - a tartaruga Aldabra, de 184 anos. Antes disso, Adwaitya - também uma tartaruga Aldabra - viveu até aos 255 anos.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.