É um dos mais bonitos municípios da Espanha, lidera a lista dos melhores destinos desconhecidos na Europa, segundo o site European Best Destinations e faz parte da rota das Rota das Aldeias Brancas. 

O principal atrativo da aldeia é a beleza e originalidade do traçado urbano, que desce do castelo adaptando-se ao percurso do rio. As pessoas foram-se instalando debaixo das rochas para fugir ao calor do verão e ao frio rigoroso do inverno, uma vez que é um local protegido naturalmente pelo rochedo. As casas que foram sendo construídas ao longo do tempo, são pintadas em tons de branco e algumas ruas têm uma pedra no lugar do céu.

As duas ruas mais movimentadas da cidade são a Cuevas del Sol, assim chamada porque está virada para  sul e recebe muita luz, e Cuevas de la Sombra, coberta inteiramente pela presença da pedra suspensa entre as duas filas de edifícios caiados de branco que a ladeiam. O castelo, localizado na parte alta da cidade, foi construído entre os séculos XIV e XV e, desde 1985, é considerado Património Histórico Espanhol.

Os cientistas acreditam que a etimologia do nome "Setenil" está associada a eventos militares: esta palavra vem de septem nihil, que literalmente significa "sete vezes sem resultado", pois esse foi o número de ataques mal sucedidos dos romanos, aos quais os habitantes da cidade conseguiram sobreviver. A segunda parte do nome - "de las Bodegas" - apareceu mais tarde, devido à produção abundante de vários tipos de vinho, pelos quais esta área é famosa.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.