Um designer gráfico aposentado passou 18 anos a recriar uma réplica da obra do pintor renascentista italiano na sua pequena igreja. Miguel Francisco Macias auto-financiou o projeto e trabalhou com voluntários para recriar as elaboradas pinturas na Igreja Perpétuo Socorro, na capital mexicana. E diz que a sua obra é melhor do que a original.

Macias visitou a Cidade do Vaticano, em 1999, ficou impressionado com a arte exposta na Capela Sistina e deixou-o preocupado a ideia de que existam pessoas, na sua terra natal, que não tenham possibilidade de a ver.

Ele disse a Infobae: "A Capela Sistina tem uma altura de 20 metros e a igreja de 10. É por isso que as imagens parecem mais bonitas aqui." E mesmo que o seu projeto tenha levado 14 anos a mais do que o original de Michelangelo, em nenhum momento Macias quis desistir. "Esta é uma obra de Deus", acrescentou.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.