Se está a pensar alugar um carro nas próximas férias para descobrir o destino sem depender de transportes públicos, há um factor que deve ter em conta: o preço da gasolina. Os valores podem variar muito de país para país o que pode fazer uma grande diferença no orçamento de viagem.

O valor do litro da gasolina nos pontos de venda pode mudar da noite para o dia, e, em alguns países, até mesmo várias vezes ao longo do dia. A Equipa Analítica do Picodi decidiu estudar o preço da gasolina em mais de 100 países e quantos litros de gasolina é possível comprar com uma salário médio em Portugal e ao redor do mundo. Para isso, foi feita uma pesquisa em relação ao preço médio da gasolina no primeiro semestre de 2019 que foi cruzada com os últimos salários líquidos médios nos respectivos países.

A pesquisa concluiu que a Rússia é o país com a gasolina mais barata, uma vez que é uma nação muito rica neste recurso natural. Ali podemos comprar um litro por 0,63€. E onde é a mais cara? Na Noruega, onde um litro custa 1,70€.

gasolina

Os portugueses pagam em média 1,49€ por um litro de gasolina, mais 20 cêntimos por um litro do que os vizinhos espanhóis, onde a gasolina custa em média 1, 29€ por litro. Com um salário médio líquido a rondar os 964€, os portugueses conseguem compram 645 litros deste combustível. Os países com a relação mais atrativa entre preço de gasolina e a média salarial são a Suíça e Luxemburgo, países em que não existem reservas de petróleo. O salário médio destes países permite comprar, respetivamente, 3388 e 2827 litros de gasolina. O terceiro lugar é ocupado pela Noruega, onde é possível comprar 1989 litros.

A Moldávia e a Albânia são os países com a pior relação entre o preço de gasolina e salário médio, onde a quantidade de gasolina comprada com o valor de um salário médio não chega aos 300 litros.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.