A ONG God’s Little People Cat Rescue publicou, no Facebook, um anúncio em que promete um salário fixo de 600 euros e as despesas da casa pagas para todos aqueles que estejam dispostos mudar-se para o país heleno e cuidar de, pelo menos, 55 gatos que vivem na casa.

O anúncio, publicado dia 5 de agosto, foi partilhado por mais de 32 mil pessoas e tem mais de 27 mil comentários, embora, até agora, "apenas" 3.000 pessoas se tenham candidatado à vaga, de acordo com o jornal britânico The Telegraph.

Deveres de emprego? A pessoa precisa ser capaz de assumir o santuário dos gatos e ser um “amante maduro e genuinamente apaixonado por gatos que consiga lidar com muitos gatos e que ame a sua companhia”, de acordo com o anuncio de emprego.

O anúncio destaca a localização do santuário, numa casa com jardim no meio de uma paisagem natural isolada e com vistas para o Mar Egeu. O trabalho é em tempo parcial - apenas 4 horas por dia -  o que permite que seja compatível com outras atividades, e a duração será de pelo menos seis meses a partir de novembro, embora preveja um período de treino voluntário não remunerado de duas a quatro semanas em outubro.

A fundadora da ONG e o companheiro começaram a recolher gatos de rua após chegar a Siros, quando viram vários à procura de comida no lixo e em situação de desnutrição. Desde então, começaram a colaborar com veterinários locais para melhorar a saúde dos gatos da ilha e apoiam vários projetos — de esterilização ou de financiamento para operações dentárias — com as doações que obtêm através da fundação.

Se viver numa ilha grega, nas águas azul-turquesa cintilantes do mar Egeu, rodeado por amigos felinos parece um sonho tornado realidade, então tem mesmo de se candidatar a este emprego.

E se é um apaixonado por gatos, percorra a galeria e descubra lugares onde os pequenos felinos são reis e senhores.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.