O parque Berlin-Ichthyosaur fica no estado norte-americano de Nevada. A parte "Berlin" do nome é para a cidade mineira abandonada que contém uma aldeia fantasmagórica cheia de madeira e metal em decomposição e uma mina profunda e escura que está agora aberta ao público. A parte "Ichthyosaur" é porque abriga a mais densa concentração de fósseis de ictiossauro no continente.

Há muita história no Berlin-Ichthyosaur Park. Muita pré-história também. A história da cidade de Berlin - a história humana, pelo menos - começa em 1863, quando um grupo de mineiros encontrou prata e ouro na área. Em 1896, havia uma mina em funcionamento, em 1908, atingiu o pico de população e, em 1911, foi abandonada. Os mineiro tiraram quase 720 mil euros em ouro do solo, mas agora, mais de um século depois, as assustadoras casas e prédios administrativos deixados congelados no tempo são o único sinal de que este lugar já foi habitado.

A mina é composta por um total de cinco quilómetros de passagens subterrâneas escuras, onde os mineiros trabalharam durante anos, longe de imaginarem que estavam a invadir uma zona de ictiossauros. Os ictiossauros são répteis antigos - anteriores aos dinossauros - com um corpo semelhante a um golfinho, que governaram o local quando ainda estava tudo submerso. Agora, os seus ossos estão na Fossil House do Berlin-Ichthyosaur Park.

Por sorte, a mina está aberta a passeios públicos durante todo o verão. A área acima do solo, por sua vez, fica aberta 24 horas por dia, 365 dias por ano. Isso significa que se está a campar num dos terrenos próximos, pode explorar a cidade-fantasma à meia-noite para tornar tudo mais assustador.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.