Alexander Read, de 33 anos, perdeu o emprego no início do ano, mas decidiu transformar a infelicidade numa oportunidade de viajar com sua filha Mina que tinha, na época, dois anos. Desde março, a dupla atravessa a neve, o gelo e a rocha, tendo já percorrido mais de 500 quilómetros, ao longo de quase todo o sul da Noruega. Pai e filha passaram quase cinco meses ao ar livre, e Mina, com apenas três anos de idade, já conquistou um feito notável: subiu ao topo de uma das maiores montanhas da Noruega, o Monte Snøhetta, com 2.286 metros de altura.

Tudo que precisam para as viagens é de uma grande mochila com suprimentos. Alexander carrega mais de 40 kg de material de montanhismo, assim como comida e uma tenda. Além disso, leva o necessário para a filha, como fraldas, livros infantis e um kit de princesa.

Alexander herdou a paixão pelas caminhadas na natureza da mãe e, naturalmente, acabou por contagiar a filha. Quando Mina tinha 5 semanas, Alexander e a noiva levaram-na para caçar nas montanhas. Desde aí, foram várias as caminhadas e expedições na natureza, algumas durando mais de dois meses de uma vez. A noiva de Alexander, Kristin, é cirurgiã a tempo inteiro e raramente se junta à dupla nas suas longas viagens. Atualmente, Kristin está grávida e Alexander já faz planos para adicionar o novo membro da família às viagens pelas montanhas, no próximo ano.

Pode acompanhar as aventuras de Alexander e Mina no seu site Mina og Meg, no Instagram ou no Facebook.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.