Para muitas pessoas, uma viagem não está completa sem tirar várias selfies, afinal, nos dias de hoje "se não foi publicado nas redes sociais, não aconteceu". Mesmo em locais onde o risco de ferimentos ou morte é muito alto, as pessoas não hesitam em usar as suas câmaras e telemóveis para capturar o seu rosto feliz com as vistas deslumbrantes ao fundo.

Percorra a galeria e descubra alguns dos locais mais perigosos do mundo para tirar selfies.

As mulheres tiram mais selfies com o telemóvel, mas a maioria dos acidentes atingem os homens, devido aos comportamentos mais arriscados. Entre outubro de 2011 e novembro de 2017,  pelo menos, 259 pessoas morreram ao tentarem fazer auto-retratos, um pouco por todo mundo, de acordo com a publicação Family Medicine and Primary Care. O balanço é superior em 50 vítimas mortais quando comparado com ataques de tubarões, e os números têm tendência a aumentar devido à sofisticação dos telemóveis.

Segundo um estudo do National Center for Biotechnology Information (NCBI), a principal causa de morte enquanto se tira uma selfie é o afogamento. De acordo com o estudo, em 6 anos, houve pelo menos 70 mortes por afogamento, com pessoas a serem arrastadas por ondas ou a ignorarem as advertências nas praias, para conseguirem a foto perfeita. As mortes devido a queda de locais altos, como arranha-céus ou montanhas são outra das principais causas de morte durante as selfies, assim como as mortes causadas pelo fogo.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.