No mesmo dia em que Portugal viu mais dois monumentos serem classificados como património cultural mundial, oito edifícios do arquitecto norte-americano Frank Lloyd Wright foram integrados na lista da UNESCO.

Ao reconhecer a arquitetura de Frank Lloyd Wright como Património Mundial, a UNESCO assume que os projetos têm grande influência não apenas nos Estados Unidos, mas no resto do mundo. “É uma imensa honra ter o trabalho de Lloyd Wright reconhecido no cenário mundial entre os locais culturais mais importantes da Terra, como o Taj Mahal na Índia, as Pirâmides de Gizé no Egito e a Estátua da Liberdade em Nova Iorque”, afirmou Stuart Graff, diretor executivo da Wright Foundation.

A UNESCO escolheu um conjunto de oito edifícios de Frank Lloyd Wright por considerar que o seu contributo arquitetónico não podia ser representado apenas por uma obra.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.