Desde que foi encerrado devido às restrições provocados pelo coronavírus, o Yorkshire Museum, em Iorque, Inglaterra, lançou uma "batalha dos curadores" - #curatorbattle -  semanal nas redes sociais para desafiar museus e visitantes a apresentarem objetos relacionados a um tema específico.

Na sexta-feira, o museu iniciou a competição informal da semana com a foto de um coque de cabelos do enterro de uma mulher romana no terceiro ou quarto século, com os ganchos de cabelo ainda no sítio. O museu apelou a que fossem partilhadas as fotos dos objetos mais assustadores encontrados nos museus e as respostas não se fizeram esperar.

Desde um tímpano de baleia pintado até uma "sereia" escocesa assustadora, passando pelo coração de uma ovelha espetado com pregos, estas são algumas das peças mais bizarras encontradas em museus de todo o mundo.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.