O  Democracy Index do The Economist serve como uma espécie de termómetro que valoriza a fragilidade ou força democrática de cada país do mundo, avaliando o nível real da democracia.

O Índice tem como base cinco critérios: processo eleitoral e pluralismo, funcionamento do Governo, participação política, cultura política democrática e liberdades civis. A Coreia do Norte continua a ser o país menos democrático do mundo, com uma pontuação de 1,08 (de 0 a 10).

Percorra a galeria e descubra os países menos democráticos do mundo.

Aproximadamente, dos 165 países, 22 são totalmente democráticos, 54 frágeis, 37 híbridos e 54 autoritários. Este ano, Portugal subiu cinco posições e passou de "democracia imperfeita" para uma "democracia plena", ficando em 22º lugar.

Os países mais democráticos do mundo são os seguintes:

1. Noruega (9.87)

2. Islândia (9.58)

3. Suécia (9.39)

4. Nova Zelândia (9.26)

5. Finlândia (9.25)

6. Irlanda (9.24)

7. Dinamarca (9.22)

8. Canadá (9.22)

9. Austrália (9.09)

10. Suíça (9.03)

11. Holanda (9.01)

12. Luxemburgo (8.81)

13. Alemanha (8.68)

14. Reino Unido (8.52)

15. Uruguai (8.38)

16. Áustria (8.29)

17. Espanha (8.29)

18. Maurícia (8.22)

19 Costa Rica (8.13)

20. França (8.12)

21. Chile (8.08)

22. Portugal (8.03)

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.