Jay Weinstein, fotógrafo australiano nascido em Mumbai, começou a fotografar sorrisos de estranhos em dezembro de 2013, durante uma viagem a Rajastão, na Índia. Ele viu um homem de aparência severa e intimadora numa estação de comboio e queria fotografá-lo, mas ficou hesitante, até que o homem gritou: "Tire uma foto minha também!". No momento em que ele sorriu, o fotografo ficou impressionado com o efeito que tinha no rosto, fazendo com que o homem, em vez intimidador, parecesse caloroso e amigável.

Isso fez com que Jay Weinstein desejasse capturar os sorrisos de estranhos à volta do mundo, sendo que o seu trabalho até agora concentra-se, principalmente na Índia, Nepal, China, Quénia, Singapura e Austrália.

O projeto chama-se "...so i asked them to smile" e pretende mostrar como as suposições sobre um estranho se transformam com um simples sorriso. Então, não há nomes, ocupação, religião confirmada ou etnia. Apenas um rosto humano. Sem e com um sorriso.

Pode seguir o projeto no Instagram e Facebook.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.