O edifício apresenta uma fachada em forma de cortina com tubos de bronze que se assemelham a pedaços gigantes de bambu. Esses tubos estão pendurados em três camadas diferentes, criando uma espécie de véu que se move verticalmente ao redor do exterior do edifício, alterando a sua forma. De acordo com os arquitetos, o edifício é inspirado "nos palcos abertos dos teatros chineses tradicionais".

Os tubos rodeiam o edifício e se movem para expor diferentes partes do edifício em diferentes momentos do dia. Acredita-se que o design inovador seja inspirado nos cinemas chineses tradicionais. Projetado por duas empresas de arquitetura britânicas, a Foster + Partners e a Heatherwick Studio, o edifício tem um piso térreo dedicado a espaços públicos e serviços de informação, enquanto um salão multifuncional e uma grande varanda estão localizados no primeiro andar. O segundo andar abriga um grande salão de exposições.

Inaugurada em 18 de janeiro de 2019, a Fundação Fosun foi construída para acolher várias exposições de arte, desfiles de moda, apresentações culturais, fóruns e cimeiras. O edifício tornou-se num marco da arte cultural de Xangai.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.