"No início, eram principalmente fotos macro de plantas, insetos e assim por diante", disse George ao Bored Panda. "Troja estava sempre comigo nas caminhadas, mas eu nunca tive a ideia de tirar fotos dela até as pessoas, que conheci durante as minhas caminhadas, começarem a elogiar a sua aparência. Então, depois disso, comecei a tirar mais fotos dela durante as caminhadas. "

Em novembro de 2014, George criou uma conta no Instagram para partilhar as aventuras de Troja. Agora, a conta tem mais de 100 mil seguidores e fãs leais que inspiram o fotógrafo. "A minha inspiração vem dos comentários e mensagens privadas que recebo de pessoas que me dizem que foram inspiradas a relacionar-se mais com os seus cães e a  tornarem-se mais ativas com eles", explicou George. "A melhor coisa sobre ter esta conta é a interação que posso ter com tantos tipos diferentes de pessoas que também partilham a mesma paixão por atividades ao ar livre e cães."

Quando perguntado se Troja tem alguma peculiaridade, George disse: "Eu acho que a maioria dos cães tem as suas peculiaridades divertidas, Troja também, mas nenhuma outra significativa além de colocar a pata no meu ombro quando quer atenção!"