No distrito de Çankaya, em Ancara, na Turquia, os funcionários responsáveis pela recolha de lixo criaram três iniciativas com o que aproveitavam durante o trabalho: uma biblioteca, uma biblioteca móvel e um grupo de música.

A biblioteca era inicialmente para os funcionários e filhos, mas rapidamente a ideia se expandiu, tornando-se numa biblioteca pública. Em 2016 o espaço contava com 3.500 livros em 2016 e, atualmente, conta já com 26.500. Após a criação da biblioteca, as pessoas começaram a doar os livros diretamente, ao invés de os deitar ao lixo.

A biblioteca está localizada num prédio de dois andares, também "reciclado", já que era uma fábrica de tijolos. Os livros podem ser requisitados por duas semanas de cada vez, com uma extensão disponível, quando necessária. A coleção da biblioteca é tão vasta que muitos dos livros são emprestados às escolas, programas educacionais e até prisões.

A mais recente iniciativa de quem administra os resíduos de Çankaya foi a criação de um grupo musical, chamado Grupo Teneke - Ritmo de limpeza, em que os materiais usados na recolha de lixo são transformados em instrumentos, juntamente com outros instrumentos musicais encontrados no lixo.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.