Localizado num trilho turístico bastante popular, a aproximadamente 7 km de Kurow, este complexo de 1930 está situado à beira do pitoresco Lago Waitaki e rodeado de montanhas. Está localizado a cerca de 50 minutos de carro do município de Oamaru, numa área conhecida pela diversão de férias de verão e atividades aquáticas e fica próximo de uma série de campos de esqui  e blocos de caça.

O assentamento foi construído na década de 1930, como local de habitação para os trabalhadores da barragem de Waitaki e chegou a ter 3 mil pessoas. No entanto, a represa foi automatizada e o local ficou praticamente vazio durante os últimos 30 anos. A aldeia do Lago Waitaki recebeu estatuto de proteção histórica em 1995, para evitar ser demolida. Os proprietários, que compraram a propriedade em 2011, esperavam transformá-la num retiro corporativo, mas o plano não se concretizou e a aldeia de Lake Waitaki voltou a ficar à venda.

No entanto, não é qualquer um que pode comprar o espaço. Primeiro porque custa mais de um milhão de euros e depois, porque o governo da Nova Zelândia proibiu os investidores estrangeiros de comprarem casas, em resposta ao aumento dos preços das moradias. Os estrangeiros ainda têm permissão para comprar terras através do escritório de investimentos no exterior, ou se forem residentes da Nova Zelândia e passarem 183 dias por ano no país, segundo o The Guardian.

O agente imobiliário responsável pelo local está confiante e acredita que mais cedo ou mais tarde aparecerá uma pessoa disposta a pagar o preço que pedem pela propriedade.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.