Halloween é tempo de viver a magia e o mistério e é por isso que a Waynabox, marca de viagens surpresa, destaca as atrações mais assustadoras de três das capitais europeias. Há fantasmas, objetos de tortura, histórias de terror e locais místicos envoltos em histórias sangrentas

Londres, debaixo do nevoeiro cerrado

The spooky clock tower of Westminster with bare tree in autumn
créditos: ©PetarPaunchev - stock.adobe.com

A capital de Inglaterra é conhecida pelo tempo chuvoso e pelo nevoeiro que assombram a cidade durante quase todo o ano. O que não falta em Londres são locais capazes de nos deixar com pele de galinha. Exemplos disso são o cemitério do Hyde Park ou o teatro com mais relatos de aparições de fantasmas - o Theatre Royal Drury Lane - se por acaso vir um, é possível que seja Macklin, um ator que matou um dos seus colegas por causa de uma peruca, em 1735.

Assustador é também o Old Operating Theatre Museum, um espaço utilizado para a demonstração de técnicas cirúrgicas e e uma das mais antigas salas de operações existentes.

Para quem visita Londres na altura do Halloween, não pode deixar de passar pelas catacumbas do cemitério de West Nortwood e pelo jardim de Hampstead Heath, um dos sítios mais místicos da cidade, especialmente quando se instala o nevoeiro.

Paris, da paixão ao terror

Paris

A Torre Eiffel, a Notre Dame, os restaurantes, a Paris Fashion Week, o Louvre são algumas das coisas que se pensa imediatamente quando se fala em Paris. Quando se pensa na Cidade Luz, não se imagina que nas suas catacumbas jazem mais de 6 mil cadáveres que, por não caberem nos cemitérios, tiveram de ser guardados neste espaço. As Catacumbas de Paris foram abertas no século XVIII e conta-se que, todos os anos, no dia 3 de novembro, o fantasma Aspairt, um homem que se perdeu nas catacumbas em 1793, por lá circula sussurrando aos ouvidos dos turistas.

Conta-se também que Maria Antonieta, rainha de França que foi condenada à morte, assombra o Palácio de Versalhes, onde viveu. Para os verdadeiros amantes do terror, outro ponto de interesse é o Panteão, onde estão enterrados Victor Hugo, Voltaire e Marie Curie.

Roma, a cidade do horror do tempo dos gladiadores

Um sítio óbvio para iniciar o roteiro do horror, em Roma, é o Coliseu: afinal, foi neste espaço onde homens e feras lutaram para o entretenimento de outros cidadãos, perdendo muitas vezes a própria vida. Outro ponto a não perder neste "roteiro do medo" é o Museu de Criminologia de Roma, onde é possível ver acessórios de tortura e de interrogação dos prisioneiros. Para os mais aventureiros, a menos de uma hora de distância do centro de Roma, fica o Bomarzo Monster Park - um parque cheio de esculturas de monstros, desenhado pelo arquitecto Pirro Ligorio, que completou a basílica do vaticano.
Estas são só algumas sugestões para roteiros misteriosos de Halloween, mas a maior surpresa pode estar na aventura de embarcar numa viagem sem saber o destino.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.