Milhões e milhões de pessoas passaram pelas portas do Madame Tussauds desde que a atração foi inaugurada em Londres, há mais de 200 anos, e continua tão popular quanto sempre foi. Marie Grosholtz, hoje conhecida como Madame Tussaud, nasceu em Estrasburgo e trabalhou como governanta para o Doutor Philippe Curtius, um médico que fazia esculturas em cera e que lhe ensinou essa arte.

Quando se mudou para a Inglaterra em 1835, fez uma exposição do seu trabalho na Baker Street e, quando morreu em 1850, a exposição de figuras de cera já era uma das atrações turísticas mais populares da Inglaterra. Muitas das estátuas originais foram destruídas num incêndio em 1925 e pelos bombardeamentos nazis durante a Segunda Guerra Mundial em 1941. Dos trabalhos originais feitos por Madame Tussauds sobrevivem apenas duas estátuas: a de Robespierre e a dela própria.

A segunda atração europeia do Madame Tussauds foi inaugurada em Amsterdão, em 1972 e o primeiro Madame Tussauds americano abriu em Las Vegas em 1999. Atualmente, existem museus Madame Tussauds um pouco por todo o mundo, com o objetivo de alimentar o desejo do público por se aproximar de celebridades, atletas e figuras políticas.

Percorra a galeria e descubra os 24 museus Madame Tussauds à volta do mundo.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.